Salah marca três vezes, Roma vence Bologna e reassume vice-liderança da Serie A

Egípcio foi o grande destaque romanista da partida, que teve reencontro de Destro e Torosidis com seu ex-time

Salah marca três vezes, Roma vence Bologna e reassume vice-liderança da Serie A
Salah comemora um de seus três gols na partida contra o Bologna (Foto: Vincenzo Pinto/AFP/Getty Images)
AS Roma
3 0
Bologna FC
AS Roma: Szczesny, Bruno Peres (Gerson), Rüdiger (Paredes), Fazio, Juan Jesus; De Rossi, Strootman, Nainggolan; Salah (El Shaarawy), Perotti, Dzeko
Bologna FC: Da Costa; Krafth, Helander, Ferrari, Masina (Torosidis); Täider (Pulgar), Viviani, Nagy; Krejci, Dzemaili, Sadiq (Destro)
Placar: 1-0, min. 13, Salah. 2-0, min. 62, Salah. 3-0, min. 71, Salah.
ÁRBITRO: Piero Giacomelli (ITA). Cartões amarelos: Paredes.
INCIDENCIAS: Jogo entre Roma e Bologna, válido pela 12ª rodada da Serie A, disputado no estádio Olimpico de Roma.

Neste domingo, a Roma recebeu o Bologna em casa, pela Serie A, na 12ª rodada da competição italiana. Os dois clubes se encontravam em situações opostas na tabela. Enquanto os donos da casa brigam pelas primeiras posições, tentando alcançar a líder Juventus, os rossoblù vão buscando se distanciar da zona de rebaixamento. Os últimos resultados das equipes também eram bastante distintos. O Bologna vinha numa sequência de seis jogos sem vitória. Por outro lado, os romanistas já estabeleciam cinco jogos de invencibilidade.

A vitória da Roma por 3 a 0 foi responsável por alavancar o time à 2ª colocação da Serie A, com 26 pontos conquistados, uma diferença de quatro pontos para a Velha Senhora, que segue liderando. O próximo compromisso dos giallorossi será também pela competição nacional, visitando a Atalanta em Bergamo, no próximo dia 20. O Bologna, por conta da derrota, fica em situação complicada, ocupando a 15ª posição, com apenas 13 pontos. O time volta a campo também no dia 20, quando recebe o Palermo.

Embalada pela vitória sobre o Austria Viena, a Roma começou o jogo buscando o ataque. Depois de ver um gol de Umar Sadiq ser anulado, os donos da casa responderam aos 10 minutos com Edin Dzeko, que fez boa jogada pela esquerda, conseguiu puxar para a perna direita, mas o chute colocado acabou indo para fora. Logo depois, no entanto, o argentino Diego Perotti foi à linha de fundo, tocou para trás e Masina acabou marcando contra, ao tentar desviar finalização de Salah. No entanto, o gol foi assinalado para o camisa 11 giallorosso.

Dominando as ações ofensiva e tendo mais posse de bola, os romanistas acabavam tendo pouca eficácia ao finalizar. No entanto, aos 30, Bruno Peres recebeu lançamento pela direita, foi à frente e tocou para Nainggolan, que chegava livre de trás. O belga finalizou de primeira, mas acabou mandando para fora, perdendo boa chance. Cinco minutos depois, Sadiq, centroavante do Bologna que ainda pertence aos giallorossi, foi lançado e só não teve grande oportunidade porque Szczesny saiu bem para cortar o passe. Já no fim da primeira etapa, o nigeriano seguiu infernizando a defesa adversária, tendo mais uma finalização que foi defendida com tranqulidade pelo goleiro romanista.

Na segunda etapa, a Roma seguiu pressionando e, aos 15 minutos, Mohamed Salah aproveitou roubada de bola e passe do holandês Kevin Strootman para sair cara a cara com o goleiro Angelo da Costa, tocando com categoria para ampliar a vantagem dos donos da casa. E pouco depois, o egípcio apareceu marcando mais uma vez, dessa vez aproveitando rebote após finalização do centroavante Edin Dzeko, para dar números finais à partida com oportunismo, selando a vitória de seu time.