Pioli aprova atuação da Inter contra Milan, mas pede mais 'determinação' dos jogadores

Treinador interista se mostrou feliz após o empate por 2 a 2 com o rival rossonero

Pioli aprova atuação da Inter contra Milan, mas pede mais 'determinação' dos jogadores
Pioli fez seu debute na Inter (Foto: Marco Luzzani/Internazionale)

Stefano Pioli estreou sob o comando técnico da Internazionale nesse domingo (20) contra o Milan, no San Siro, em Milão, pela 13ª rodada da Serie A. O debute do treinador italiano estava caminhando para ser amargo, já que esteve atrás do placar até nos acréscimos do segundo tempo. O croata Ivan Perisic, no entanto, empatou aos 47 minutos e deu números finais à partida: 2 a 2.

Após o fim do jogo, Pioli se mostrou satisfeito com o resultado e valorizou a atuação de seus comandados. “Eu não acho que merecíamos a derrota considerando o desempenho, mas nós ainda temos que melhorar em muitas áreas. Eu tentei dar algum equilíbrio para a equipe e sabíamos que não podíamos ser perfeitos logo no primeiro jogo. Permitimos alguns erros na primeira etapa porque a marcação preventiva nem sempre foi feita corretamente. Precisávamos de organização e equilíbrio”, disse ao Mediaset Premium.

Antecessor de Pioli, o holandês Frank de Boer recebeu muitas críticas durante os 84 dias que esteve à frente da Inter e não conseguiu fazer a equipe apresentar um bom futebol. Quando questionado sobre quais mudanças realizou no time, Pioli destacou sua filosofia de jogo. O técnico também admitiu que falta mais firmeza aos nerazzurri.

De Boer demitido: Internazionale faz mais uma vítima da 'síndrome pós-Mourinho'

Eu não acho que há uma questão de sistema, mas de ter ideias claras e conceitos de futebol. Eu tive uma boa resposta dos rapazes contra o Milan. Muito da melhoria será obtida com trabalho duro. Eu tenho uma seleção de grandes jogadores à minha disposição e, como um plantel, podemos fazer muito melhor. Temos qualidade, mas precisamos de mais determinação”, ressaltou.

Permitimos muito pouco ao Milan, mas ainda sim eles marcaram dois gols no contra-ataque, então o equilíbrio é essencial. Tivemos uma boa posse de bola nesse domingo, mas nem sempre olhamos para frente e demos a Icardi o serviço certo”, concluiu Pioli.