Celebração de Gabigol após empate da Inter contra Milan empolga técnico Pioli

Brasileiro não entrou em campo durante o dérbi de Milão, mas viveu na pele as emoções da partida no banco de reservas

Celebração de Gabigol após empate da Inter contra Milan empolga técnico Pioli
Gabigol comemorou efusivamente com Pioli após o término do jogo (Foto: Marco Luzzani/Internazionale)

Melhor durante boa parte da partida, a Internazionale empatou nos minutos finais o "Derby della Madonnina" frente ao Milan no último domingo (20), impedindo o rival de assumir a vice-liderança da Serie A. Foi o primeiro clássico de Stefano Pioli no comando nerazzurro. O técnico em questão parece ter dado um novo gás para uma peça que parecida sumida pelos lados de Giuseppe Meazza: Gabriel Barbosa, o 'Gabigol'.

Mesmo sem adentrar ao campo, o atacante brasileiro vibrou a cada lance no banco de reservas, chegando até mesmo a se estranhar no fim da partida com o atacante Carlos Bacca: "Foi ele que veio falar comigo, não sei o que é que ele queria, mas é problema dele. Eu estou bem, está tudo bem. Agora é com Stefano, eu não sei, mas eu estou bem", declarou.

Éder cita adaptação ao futebol italiano como principal obstáculo de Gabigol na Inter

Gabigol chegou à Inter no início desta temporada, custando aproximadamente R$ 100 milhões e com a promessa de ser um dos principais atletas do elenco. Contudo, com o antigo comandante Frank De Boer, o brasileiro jogou apenas uma vez com a camisa nerazzurra, nos 15 minutos finais do empate sem gols da equipe de Milão diante do BolognaSendo dirigido agora por outro treinador, Gabriel espera conseguir logo sua oportunidade de brilhar coma a camisa da Inter. Para Stefano Pioli, o jogador está no caminho certo para entrar novamente em campo pela Inter.

"Eu sou uma pessoa que dá tanto, sou apaixonado pelo meu trabalho e talvez essa comemoração seja fruto daquela paixão que eu tinha e tenho por estas cores desde criança e que me fez reagir desta forma. O Gabriel é um jogador que tem grandes qualidades, está trabalhando bem e só trabalhando assim desse jeito é que ele terá possibilidades de jogar", concluiu.

A Inter volta campo nesta quinta-feira (24) para uma partida de extrema importância para sua classificação à próxima fase da Uefa Europa League, quando encara o Hapoel, em Israel. Os italianos ocupam a última colocação do Grupo K, com apenas três pontos conquistados; uma derrota nesta quinta significaria uma eliminação precoce e vexatória. Na Serie A, o próximo duelo está marcado para segunda-feira (28) que vem, quando os comandados de Pioli encaram a Fiorentina, em Milão, valendo pela 14ª rodada da competição nacional.