Fiorentina leva gol no último minuto e perde em casa para PAOK

Viola perdia por 2 a 0, correu atrás do empate e controlou resultado que garantia a primeira posição no Grupo J, mas gol de Garry Rodrigues aos 93 deixa os gregos vivos na luta por uma vaga à próxima fase

Fiorentina leva gol no último minuto e perde em casa para PAOK
Rodrigues comemora importante vitória para os gregos na luta pela vaga (Foto: Uefa.com/Getty Images)
Fiorentina
2 3
PAOK
Fiorentina: Lezzerini; Tomovic, Gonzalo, Astori; Tello (Ilicic, min. 83), Badelj, Vecino, Milic (Chiesa, min. 50); Cristóforo (Carlos Sánchez, min. 66), Bernardeschi; Babacar. Técnico: Paulo Sousa
PAOK: Brkic; Léo Matos, Varela, José Crespo, Leovac; José Cañas, Shakhov (Mystakidis, min. 83), Cimirot; Djalma (Pelkas, min. 71), Garry Rodrigues, Koulouris (Thiam, min. 61). Técnico: Vladimir Ivic
Placar: 0-1, min. 5, Shakhov. 0-2, min. 27, Djalma. 1-2, min. 32, Bernardeschi. 2-2, min. 50, Babacar. 2-3, min. 90+3, Garry Rodrigues
ÁRBITRO: Stephan Klossner, auxiliado por Remy Zgraggen e Marco Zürcher, todos da Suíça. Amarelo: José Crespo, Leovac, Pelkas (PAOK)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 5ª rodada da Uefa Europa League 2016-17, no Stadio Artemio Franchi, em Florença, Itália

Fiorentina parecia tranquila com o resultado que obtinha em casa, o que garantia o time em primeiro lugar no Grupo J da Europa League com uma rodada de antecedência. Mas o gol de Garry Rodrigues, aos 48 do segundo tempo, deu a vitória ao PAOK por 3 a 2, no Artemio Franchi. No outro jogo da chave, o Slovan Liberec bateu o Qarabag por 3 a 0

Agora, a Viola lidera a chave com 10 pontos e precisa de um empate para classificar e garantir o primeiro lugar. Se perder na última rodada contra o Qarabag, vice-líder com sete pontos, fora de casa, é eliminada se o PAOK (3º colocado, com 7) bater o Slovan (lanterna, com 4), na Grécia. Estes jogos acontecem no dia 8 de dezembro, às 14h (horário de Brasília).

Três gols e três bolas na trave em primeiro tempo com vantagem para o PAOK

A Fiorentina tentou manter a posse de bola desde o começo do jogo, mas, logo aos 5, Djalma arriscou de fora da área, Lezzerini largou para o meio e Shakhov pegou o rebote e mandou por baixo das pernas do goleiro para abrir o placar. O gol abalou o time da casa, e o time grego aproveitou para criar boas chances. Aos 8, Garry Rodrigues roubou a bola de Tomovic na direita, trouxe para o meio e bateu com efeito, acertando a trave viola.

Aos 18, Garry Rodrigues fez jogada individual pelo meio e arriscou de longe, novamente levando perigo. A partir daí, a Viola se rearrumou no jogo e passou a pressionar. Aos 20, Bernardeschi viu Brkic adiantado e tentou encobrir, acertando o travessão. No minuto seguinte, Bernardeschi cruzou da direita e Cristóforo acertou a trave novamente. No rebote, Babacar girou e bateu para o gol, mas Brkic pegou. Três minutos depois, Astori cruzou, Babacar fez o pivô e Badelj chegou batendo na pequena área, mas mandou para fora.

Mas aí, aos 27, Garry Rodrigues cruzou fechado e Djalma apareceu livre na entrada da área para fazer 2 a 0. Dessa vez, a Fiorentina conseguiu manter a calma e se manteve no ataque. Aos 32, Babacar fez o pivô após passe de Tello e Bernardeschi bateu no canto esquerdo de Brkic para descontar. No minuto seguinte, quase o empate. Babacar recebeu de Bernardeschi nas costas da defesa e bateu de canhota, mas à esquerda do gol.

A Viola continuou pressionando em busca do empate na primeira etapa. Aos 35, Vecino recebeu de Cristóforo e arriscou de longe, mandando perto do ângulo de Brkic. Cinco minutos depois, Tomovic cruzou da direita e Cristóforo tocou de cabeça, em cima do goleiro. Assim, apesar da pressão, a Fiorentina foi para o intervalo perdendo.

Viola empata rápido, controla o jogo, mas leva gol no fim

A Fiorentina manteve sua postura ofensiva no começo do segundo tempo e foi rapidamente recompensada. Aos 4, Astori deu grande lançamento na área e Babacar conseguiu ótimo domínio e bateu na saída do goleiro para fazer 2 a 2. Três minutos depois, o PAOK teve grande chance para voltar a frente. Lezzerini saiu mal do gol para proteger a saída de bola pela linha de fundo, Djalma foi esperto, evitou a saída da bola e cruzou para Garry Rodrigues, que finalizou de frente para o gol, mas Tomovic salvou em cima da linha.

Apesar dessa chance aos 7, a Fiorentina conseguiu controlar grande parte do segundo tempo. Com uma postura ofensiva e com 72% de posse de bola, a Viola sempre pareceu perto do terceiro gol, apesar das escapadas de contra-ataque do PAOK em alguns momentos. Aos 14, Chiesa avançou em contra-ataque, passou por dois defensores em arrancada pela direita até invadir a área e bateu cruzado, com perigo à direita.

A Viola passou por longos minutos sem assustar, mas também sem ser incomodada, até porque o resultado não era ruim para ambas as equipes. Aos 29, Bernardeschi bateu escanteio na segunda trave e Sánchez cabeceou firme, mandando perto da trave de Brkic. Aí, no minuto seguinte, o PAOK chegou em contra-ataque. Rodrigues avançou pela direita, atravessou para a segunda trave e Thiam antecipou Tomovic, finalizando com perigo, mas à esquerda. Quatro minutos depois, novamente Rodrigues subiu pela esquerda e tocou na entrada da área para Pelkas, que bateu colocado, mas Lezzerini segurou.

O jogo caminhava para o empate, apesar da Fiorentina sempre rondar a área dos gregos. Aos 44, Chiesa fez jogada pela esquerda e ajeitou para Sánchez, que bateu de canhota, mas Brkic caiu bem e segurou. Mas, já aos 47, em uma jogada que parecia morta, Garry Rodrigues ganhou de Tomovic na força, arrancou para dentro da área e fuzilou no ângulo de Lezzerini e garantiu uma vitória que deixa o PAOK em boas condições na briga pela vaga no Grupo J.