Kondogbia marca gol contra do meio de campo, mas Inter bate Chelsea e vence Champions Cup

Com tentos de Jovetic e Perisic, nezazzurri não dão chances aos blues e levam o torneio de pré-temporada

Kondogbia marca gol contra do meio de campo, mas Inter bate Chelsea e vence Champions Cup
Foto: Power Sport Images/Getty Images
Internazionale
2 1
Chelsea
Internazionale: Padelli; D'Ambrosio, Skriniar, Miranda, Nagatomo; Gagliardini, Borja Valero, Candreva, Brozovic, Perisic; Jovetic. Técnico: Luciano Spalletti.
Chelsea: Courtois; Azpilicueta, David Luiz, Cahill; Moses, Kante, Fabregas, Alonso; Willian, Batshuayi e Morata. Técnico: Antonio Conte.
Placar: 2-1, 48/1ºT Jovetic, 8/2ºT Perisic e 30/2ºT Kondogbia (GC)
ÁRBITRO: Sukhbir Singh, auxiliado por Lim Kok Heng e Ong Chai Lee.
INCIDENCIAS: Partida válida pela International Champions Cup, disputada no Estádio Nacional de Singapura.

Na manhã deste sábado (29), a Internazionale enfrentou o Chelsea, em Singapura, pela última partida da International Champions Cup, torneio preparatório para a temporada. A equipe italiana venceu por 2 a 1, com gols dos atacantes Jovetic e Perisic e se tornou campeã da competição. Em tentativa de recuo para o goleiro, o meio-campista Kondogbia marcou um gol contra do meio de campo e diminuiu para os ingleses.

A Inter voltará a campo no próximo domingo (6), contra o Villareal, às 15h30, no Stadio Riviera delle Palme. Já o Chelsea enfrenta o Arsenal, também no domingo (6), às 10h, no Estádio de Wembley. 

Com a vitória contra os blues, a equipe italiana termina a International Champions Cup com 100% de aproveitamento nas três partidas disputadas. Os comandados de Luciano Spalletti marcaram cinco gols e sofreram apenas um tento, gol contra de Kondogbia. 

Inter pressiona e abre o placar nos acréscimos da etapa inicial

A equipe italiana começou a partida pressionando a defesa inglesa. Nos minutos iniciais de jogo, a Inter tinha a posse de bola e trocava passes rápidos em direção ao ataque, dando trabalho ao goleiro Courtois. Aos poucos, o Chelsea conseguia recuperar a posse de bola e deixava a partida mais parelha.

Com poucas chances claras de gol, as equipes abusavam das faltas e davam trabalho ao árbitro da partida. Com João Mario no banco, o meia Brozovic foi o responsável por armar o time italiano, que encontrava dificuldades de furar a linha de defesa dos Blues.

Já na etapa final do primeiro tempo, Jovetic recebeu cruzamento dentro da pequena área e se desequilibrou após dividida com Azpilicueta, onde o árbitro marcou pênalti. O camisa 8 do nezazzurri bateu mal, mas no rebote de Courtois a Inter abriu o placar da partida.

Inter volta bem dos vestiários e decreta a vitória

Foto: PowerSportImages/Getty Images
Foto: Power Sport Images/Getty Images

Na primeira descida ao ataque, Jovetic teve seu segundo gol corretamente anulado. Aproveitando falha da defesa do Chelsea, Courtois salvou o chute de Perisic no primeiro lance, mas Jovetic, um passo a frente da defesa, mandou para o gol.

No lance seguinte, o Chelsea respondeu com Batshuayi, que levou perigo ao gol de Padelli. No contra-ataque veloz, Jovetic tocou para Perisic, que chutou no canto direito de Courtois e ampliou o placar do jogo. 

Camisa 7 da Inter, Kondogbia pressionado pelos atacantes do Chelsea, tentou recuar para Padelli, que estava adiantado, e acabou marcando um belo gol contra de fora da área. O brasileiro Gabigol entrou na etapa final da partida, mas não participou de lances decisivos. Após cinco minutos de acréscimo, o árbitro sinalizou o fim da partida.  

Itália