De olho na Copa do Mundo, Douglas Costa almeja temporada vencedora com a Juventus

Brasileiro revela objetivo de fazer história com a camisa bianconera e ambiciona título de Champions League

De olho na Copa do Mundo, Douglas Costa almeja temporada vencedora com a Juventus
Douglas Costa quer conquistar a Champions pela Juve (Foto: Daniele Badolato/Juventus FC)

Um dos grandes reforços da Juventus para a temporada 2017/18 está com sede de títulos. Douglas Costa, tratado como prioridade juventina desde o início da janela de transferências, trocou Munique por Turim, buscando protagonismo e mirando a Copa do Mundo de 2018, na Rússia.

Em entrevista concedida ao jornal Gazzetta dello Sport, o brasileiro demonstrou estar feliz em seu novo clube, revelou o motivo de ter escolhido a Juventus e traçou os principais objetivos para seu primeiro ano com a Vecchia Signora

"Me sinto muito bem, treina-se muito forte aqui. Escolhi a Juventus pois, nos últimos três anos, este clube esteve em duas finais de Champions. É o time que mais deseja vencer esta competição. Estou aqui para conquistar tudo, incluindo a Europa. Quero entrar na história deste clube. Faltando um ano para a Copa do Mundo, eu não poderia ter escolhido um lugar melhor para estar", afirmou.

Apesar do pouco tempo de "casa", Douglas Costa já se sente ambientado. Perguntado sobre a parceria com Gonzalo Higuaín, o brasileiro não poupou elogios ao centroavante e aos seus novos companheiros.

"Higuaín é um campeão e um grande companheiro. Em todos os clubes por onde passei, me tornei o melhor amigo dos centroavantes: aconteceu com Luiz Adriano na Ucrânia e com Lewandowski no Bayern. Vamos nos dar muito bem. Estou impressionado com tanta qualidade aqui na Juventus", salientou o brasileiro.

Antes de fechar com a Vecchia Signora, Douglas chegou a ser especulado no futebol inglês, mais especificamente no Manchester City, onde atuaria novamente com Pep Guardiola. Porém, para o atleta, uma mudança de ares era necessária e seu novo comandante, Massimiliano Allegri, poderá ajudá-lo a crescer.

"Depois de tantos anos, eu preferi evitar que as pessoas pensassem que eu estaria atuando apenas por conta dele [Pep] estar no banco. Também escolhi a Juve para vivenciar novas experiências (...) Allegri é um treinador que se comunica bastante. Ele conhece meu potencial e eu sinto a sua confiança em mim. Tenho uma boa sensação, acredito que farei grandes coisas com este time e com Allegri", finalizou.

Itália