Recuperado de graves lesões, Florenzi revela emoção com retorno ao time titular da Roma

Afastado dos gramados por longo período, italiano fará sua estreia oficial em 2017/18 no próximo sábado (16), em duelo contra o Hellas Verona, pela Serie A

Recuperado de graves lesões, Florenzi revela emoção com retorno ao time titular da Roma
(Foto: Filippo Monteforte/AFP/Getty Images)

Após quase onze meses afastado dos gramados por conta de duas graves lesões no joelho, Alessandro Florenzi está confirmado no time titular de Eusebio Di Francesco para o duelo do próximo sábado (16), contra o Hellas Verona, pela Serie A.

No início de setembro, o jogador teve oportunidade de atuar em um amistodo entre Roma e Chapecoense, inclusive anotando um dos gols da partida. Todavia, contra o Verona, o jogador reencontrará o Estádio Olímpico e a torcida giallorossi oficialmente, com status de titular. A última partida de Florenzi na Serie A havia sido em outubro de 2016, em duelo contra o Sassuolo.

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (15), o jogador não escondeu a emoção e a ansiedade para entrar em campo. Nas palavras de Florenzi, a estreia em 2017/18, após tantos obstáculos, será como um 'renascimento'.

"É um renascimento, começando quase do zero, novamente. Será muito emocionante fazer o meu primeiro jogo oficial pela Roma nesta temporada, após tantos treinamentos", afirmou.

Perguntado sobre o aprendizado que o tempo afastado dos gramados lhe trouxe, o italiano ressaltou a importância da família e de todos aqueles que estiveram ao seu redor.

"Aprendi o valor do sacrifício e do trabalho duro. Além disso, redobrei o afeto por aqueles que estavam perto de mim. Após a minha segunda lesão, no primeiro mês, eu sofri demais e precisei muito do apoio da minha esposa e da minha filha", contou.

Sobre objetivos futuros, Alessandro Florenzi não esqueceu a Copa do Mundo de 2018. O atleta revelou que voltar a figurar nas convocações da Azzurra é um objetivo, mas, para isso, precisará reconquistar o alto nível de seu futebol em seu clube.

"A Copa do Mundo é um objetivo, sim. Mas preciso merecer na Roma. Preciso provar o meu valor e fazer isto em qualquer posição que o treinador queira", concluiu.