Passar a bola rápido e atacar o espaço: Jorginho explica sucesso do Napoli de Sarri

"Quando você move a bola muito rápido, é fácil criar chances", elucida o meio-campista ítalo-brasileiro

Passar a bola rápido e atacar o espaço: Jorginho explica sucesso do Napoli de Sarri
Jorginho é o 'regista' do time de Maurizio Sarri (Foto: Matteo Ciambelli/NurPhoto via Getty Images)

Cinco jogos, cinco vitórias, 19 gols marcados, três sofridos e líder da Serie A. O Napoli de Maurizio Sarri faz um começo de temporada avassalador. É verdade que os partenopei perderam por 2 a 1 para o Shakhtar Donetsk, na Ucrânia, na abertura da fase de grupos da Uefa Champions League. Mas nada que apague a grande fase do time napolitano na liga italiana.

Jogador responsável por auxiliar a saída de bola da equipe, o meio-campista Jorginho concedeu entrevista à Radio Kiss Kiss e explicou o sucesso do Napoli. Segundo o ítalo-brasileiro, os segredos são a troca de passes em velocidade e a movimentação inteligente dos jogadores.

"Quando você move a bola muito rápido, é fácil criar chances", disse. "Nós jogamos futebol simples, passando a bola e atacando o espaço", acrescentou.

+ Técnico do Napoli, Sarri vê Mertens entre os melhores atacantes do mundo

Essencial na equipe, que tem por característica um jogo vertical e de muita aceleração no último terço do campo, Jorginho tem índice altíssimo de acerto de passes na Serie A. De acordo com dados do Squawka, site especializado em estatísticas de futebol, o catarinense tem uma média de 91% na precisão de passes por jogo.

Nessa quarta-feira (21), em Nápoles, o Napoli goleou a Lazio por 4 a 1, em partida válida pela quinta rodada da Serie A. Os napolitanos foram para o intervalo perdendo pelo placar mínimo, mas marcaram quatro vezes na etapa final. Jorginho, autor do quarto gol, acredita que os romanos não conseguiram suportar o alto nível imposto pelo Napoli.

"A Lazio fez um bom primeiro tempo e nos causou alguns problemas, mas é difícil se defender contra o nosso alto ritmo por 90 minutos. É normal que eles caíssem no segundo tempo. Depois, tudo ficou mais fácil para nós. Concedemos um gol evitável, mas, no geral, nós merecemos ganhar", ressaltou o camisa 8.

"Nós fizemos bem o nosso trabalho, nos divertimos e nos divertimos obtendo um resultado muito importante em casa", finalizou.

Itália