Após demissão de Del Neri, Udinese anuncia Oddo como novo treinador

Com boa campanha no Pescara durante a Serie B, ex-lateral do Milan e da Itália tem novo desafio após o insucesso na elite italiana

Após demissão de Del Neri, Udinese anuncia Oddo como novo treinador
Italiano estava sem clube desde fevereiro, quando foi demitido do Pescara (Foto: Fracesco Pecoraro/Getty Images)

A terça-feira (21) começou agitada na cidade de Údine. Depois de demitirem o técnico Luigi Del Neri, com apenas 14 rodadas comandando a equipe na temporada, os dirigentes da Udinese agiram rápido para anunciar um novo comandante para a equipe Zebrette.

+ Com campanha fraca na Serie A, Udinese demite treinador Luigi Del Neri

O treinador que vai substituir Del Neri, é ninguém menos que Massimo Oddo. O ex-jogador, de 41 anos, já iniciou a sua carreira como técnico em 2015, no Pescara. Com a equipe biancoazzura, Oddo chegou à promoção para a elite italiana, onde renovou com o clube até 2019, entretanto, o insucesso na Serie A levou a sua demissão na metade da temporada de 2016/17.

Com uma nova chance de comandar um clube da elite, Oddo foi  anunciado no Twitter oficial do clube. Contente com a oportunidade, o treinador concedeu entrevista coletiva após oficialização para falar sobre os seus planos com a nova equipe.

"De primeiro momento eu quero focar em ajudar os atletas e extrair o máximo de seus potenciais. Nós temos jovens talentosos aqui, eu vou avaliar em quais áreas precisamos trabalhar melhor, para que isso seja visto em campo", disse o recém-contratado comandante.

O desafio principal do italiano está em retirar a equipe da má fase que vem vivendo, com oito derrotas em 12 partidas, além de 23 gols sofridos sendo a quarta pior defesa da Serie A. Questionado sobre a cara que pretender dar ao time após o baixo aproveitamento, Oddo disse.

"O clube não me deu nenhum objetivo específico, só disse para trabalhar duro e implementar minhas filosofias. O que vocês verão no gramado será resultado das ideias que tive durante os treinamentos", finalizou.