Juventus e Barcelona empatam sem gols em Turim e espanhóis confirmam vaga nas oitavas

Enquanto os catalães garantiram vaga na próxima fase, italianos precisam vencer Olympiacos na última rodada ou torcer por um tropeço do Sporting diante do Barça

Juventus e Barcelona empatam sem gols em Turim e espanhóis confirmam vaga nas oitavas
Foto: Daniele Badolato/Getty Images
Juventus
0 0
Barcelona
Juventus: Buffon; Barzagli, Rugani, Benatia e Alex Sandro; Pjanic (Betancur, Min. 66) e Khedira; Cuadrado (Marchisio, Min. 71), Dybala e Douglas Costa (Matuidi, Min. 85); Higuaín. Técnico: Massimiliano Allegri.
Barcelona: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Umtiti e Digne; Busquets, Paulinho, Rakitic e Iniesta (Alba, Min. 82); Suárez e Deulofeu (Messi, Min. 56). técnico: Ernesto Valverde.
ÁRBITRO: Milorad Mazic (SER). Cartões amarelos: Pjanic (Min. 21), Paulinho (Min. 30), Alex Sandro (Min. 72), Digne (Min. 87), Piqué (Min. 90+1).
INCIDENCIAS: Partida válida pela quinta rodada do Grupo D da Uefa Champions League 2017/18, realizada no Allianz Stadium, em Turim, Itália.

Nem pareciam dois gigantes do futebol. Nesta quarta-feira (22), Juventus Barcelona fizeram um jogo bem morno e pouco emocionante pela quinta rodada do Grupo D da Uefa Champions League 2017/18. Em jogo com pouquíssimas chances de real perigo, italianos e espanhóis não saíram do 0 a 0 no Allianz Stadium.

Com este resultado, os espanhóis carimbaram vaga nas oitavas da competição, chegando aos 11 pontos, na liderança, e não podendo mais ser alcançado pelo terceiro, Sporting, que tem sete e ainda briga por classificação com a própria Juventus, que tem oito, na segunda posição.

Na última rodada do grupo, que será disputada no dia 5 de dezembro, a Juventus visita o Olympiacos, enquanto o Barcelona recebe o Sporting. Ambos os jogos começando às 17h45 (de Brasília).

Juve é melhor, cria mais, mas não marca

Iniesta e Dybala disputam bola | Foto: Daniele Badolato/Getty Images
Iniesta e Dybala disputam bola | Foto: Daniele Badolato/Getty Images

Necessitando da vitória, a Juve foi com tudo para cima do Barça desde o início, com um volume de jogo bem alto, principalmente por conta das investidas da dupla Dybala e Douglas Costa. Os espanhóis, sem Messi, necessitavam muito do coletivo para criar, e até que conseguiam, por conta do bom apoio de Nelson Semedo, além das ótimas chegadas de Paulinho à frente, principal arma culé no jogo.

A primeira boa chance do primeiro tempo veio em um erro da defesa culé, quando Rakitic errou passe para Umtiti e Dybala arriscou de primeira dentro da área, rasteiro, mas Ter Stegen fez defesa segura. O Barça veio ter sua melhor chance nos primeiros 45 minutos aos 21', quando Rakitic cobrou falta, a bola passou por toda a área, sem ninguém desviar, e foi na trave de Buffon.

Depois disso, a partida ficou meio feia e truncada no Juventus Stadium, com os dois times errando muitos passes. Só que no final do primeiro tempo, quase Dybala marcou um lindo gol, quando o atacante recebeu no meio, fez ótima jogada individual, invadiu a área e finalizou cruzado, mas por cima do gol de Ter Stegen, com perigo.

Jogo morno e nada de gols

Messi entrou na segunda etapa | Foto: Filippo Monteforte/AFP/Getty Images
Messi entrou na segunda etapa | Foto: Filippo Monteforte/AFP/Getty Images

A etapa final começou de um jeito diferente, com uma marcação melhor, principalmente dos visitantes, que voltaram mais incisivos para a segunda etapa, tanto que quase marcaram em cobranças de faltas na entrada da área com Suárez e Messi, que entrou no segundo tempo. A Juventus, que necessitava a vitória, não tinha ímpeto ofensivo.

O jogo era bem morno no segundo tempo, com as duas equipes criando praticamente nada. A Juve tinha em Dybala todas as suas esperanças. O argentino, mesmo bem marcado, conseguia criar algumas situações, mas nada com tanta objetividade. O Barcelona, depois de ter começado bem a etapa final, não fez mais nada, com a dupla Messi e Suárez bem apagada.

Foi apenas nos minutos finais de jogo que saiu a grande chance, provavelmente, da partida, quando Alex Sandro recebeu na esquerda, tocou na área para Dybala, que finalizou de primeira, no canto, mas Ter Stegen, muito bem colocado, fez uma grande defesa, garantindo o empate e a vaga dos catalães nas oitavas de finais da Uefa Champions League.