Dupla imparável: a importância de Icardi e Perisic para a Internazionale de Spalletti

Atacantes participam diretamente de 26 dos 28 gols da equipe nerazzurri na Serie A

Dupla imparável: a importância de Icardi e Perisic para a Internazionale de Spalletti
(Foto: Emilio Andreoli/Getty Images)

Se a força coletiva é fundamental para alçar grandes vôos dentro do futebol italiano, o brilho e o talento individual das grandes estrelas não é dispensável. Muito pelo contrário. Esquecida da 'lista de favoritos' ao Scudetto no início da temporada, a Internazionale de Luciano Spalletti chega à 15ª rodada da Serie A ainda invicta, comandada por dois maestros principais: Ivan Perisic e Mauro Icardi.

Quando o croata e o argentino entram em campo, o torcedor nerazzurro esfrega as mãos e tem a certeza de belas assistências e gols decisivos. A "dupla dinâmica" é responsável por 26 dos 28 gols da Internazionale na Serie A, mais prolíficos, por exemplo, que os badalados juventinos Paulo Dybala e Gonzalo Higuaín.

Neste sábado (25), Icardi foi à rede duas vezes contra o Cagliari, alcançando a marca de 15 gols em 14 partidas (média de 1,08 gols por jogo). A vitória levou a Inter ao posto mais alto da tabela de classificação, e o camisa 9 ao topo do ranking de artilheiros, ao lado de Ciro Immobile.

Se o argentino brilha na finalização das jogadas, Ivan Perisic dá o seu show particular na construção das mesmas. O croata chegou à marca de seis assistências no campeonato, superando Insigne (4) e Candreva (5), seu companheiro de equipe. Além disso, o camisa 44 é o segundo de sua equipe em chances criadas – estatística que também leva em consideração os 'passes-chave' –, atrás apenas de Candreva.

Em julho, o croata esteve perto de acertar sua transferência ao Manchester United. Diante das enormes cifras, a Inter demonstrou interesse em negociá-lo, visando equilibrar as finanças. Todavia, a negociação não vingou, e o jogador acabou renovando seu contrato e permanecendo em Milão. Quatro meses depois, Perisic ocupa posição de protagonismo no clube italiano, sendo vital para a surpreendente campanha invicta.

Obviamente, há também muito mérito no trabalho de Luciano Spalletti à frente do time nerazzurro. Apesar do notável poder de decisão de seus atacantes, o equilíbrio entre setores é destacável. Hoje, a Inter tem a terceira melhor defesa da Serie A com apenas dez gols sofridos, atrás apenas de Roma (8) e Napoli (9).