Unidos pela tragédia, Torino vestirá verde em homenagem à Chapecoense

Clube de Turim pretende doar o lucro das 1500 camisas fabricadas para os parentes das vítimas do acidente aéreo, ocorrido em novembro de 2016

Unidos pela tragédia, Torino vestirá verde em homenagem à Chapecoense
Além dos italianos, o Manchester United também será um dos clubes que vão homenagear as vítimas (Foto: Valerio Pennicino/Getty Images)

Completando um ano do acidente aéreo que deixou 71 mortos na viagem rumo à Colômbia, para a disputa da final da Copa Sul-Americana, diversas agremiações do esporte, em especial do futebol, prestarão homenagem às vítimas da Chapecoense

Um dos clubes que se mobilizou para lembrar dos mortos daquele triste 27 de novembro de 2016 foi o Torino. O clube Granata anunciou nesta terça-feira (29), em suas redes sociais, que usará uma camisa verde na próxima rodada da Serie A. A partida será contra a Atalanta, no próximo sábado (2).

"Um ano após o desastre de Medellín, seguindo uma promessa do presidente Urbano Cairo ao presidente David de Nês Filho, o Torino FC jogará uma partida do campeonato italiano com uma camisa especial, em homenagem ao clube brasileiro. Durante Torino-Atalanta, Andrea Belotti e a equipe usarão a camisa verde da Chapecoense no campo. Toro e Chape, unidos pelo destino, amigos para sempre", publicou o Toro em seu site oficial.

O clube está ligado à Chape pelo mesmo sentimento de perda. Em maio de 1949, a delegação do Toro sofreu um acidente aéreo que deixou 31 mortos, além de imensas cicatrizes, mesmo após 68 anos. À época, o time Granata era chamado de "Il Grande Torino", por ser considerado uma das equipes mais fortes no cenário europeu.

Das 1500 camisas que serão produzidas, todas serão comercializadas e a venda será convertida para os parentes das vítimas da tragédia que enfrentam dificuldades financeiras, visto que a justiça brasileira é lenta e dificulta nos processos de indenização.