Escolhido como novo comandante do Milan, Gattuso exalta Bonucci: "Ele será meu capitão"

Um dos maiores ídolos da história do clube, Rino chega para alavancar moral rossonera e retomar caminho das glórias

Escolhido como novo comandante do Milan, Gattuso exalta Bonucci: "Ele será meu capitão"
Gattuso durante sua entrevista coletiva de apresentação (Foto: Divulgação/AC Milan)

Ele está de volta! Após cinco anos de 'separação', Gennaro Gattuso e Milan estão reunidos novamente. Na manhã desta terça-feira (28), Rino foi apresentado oficialmente como novo treinador do Diavolo, um dia depois da demissão de Vincenzo Montella. O ex-meio campista e ídolo do clube rossonero já comandava o Milan Primavera, equipe de base, desde o início do ano. 

Conhecido por seu temperamento e personalidade forte dentro e fora de campo, uma das questões mais levantadas entre ontem e hoje gira em torno à capitania do Diavolo, que desde o começo do ano está com Leonardo Bonucci. E aparentemente, as coisas não devem mudar: "O capitão é Bonucci e vai permanecer Bonucci. Falei com algumas pessoas desde ontem, e vi rapazes com grande desejo de trabalhar e totalmente dispostos", disse o técnico em sua apresentação.

"Pedi a eles uma junção de união e disciplina, e eles demostraram estar plenamente disponíveis. Eu sempre caminhei sobre as brasas para ajudar os meus companheiros de equipe, e isso é o que eu quero ver deles. Os jogadores têm que ajudar uns aos outros", afirmou.

Na Serie A, o Milan ocupa apenas a sétima colocação.

Gattuso ainda falou sobre algumas peças em específico de seu novo elenco, e como espera ampliar seus respectivos desempenhos: "Dizem que Suso só pode fazer uma função em campo, quero testar se realmente isso condiz. Também quero descobrir porque Kessié está tendo dificuldades para encontrar espaço, algo que não acontecia no ano passado. O comparam comigo, mas ele é muito mais forte e mais explosivo. Marca mais gols do que eu marcava também. Ele se assemelha a mim em muitos aspectos, mas neste momento precisamos de outros jogadores com a mentalidade correta", ressaltou.

+ Buffon é eleito melhor jogador do futebol italiano e não descarta retorno à Azzurra

"André Silva é outro atleta com grande qualidade. Ele precisa jogar mais com a equipe, faz muitas coisas boas em campo, mas ele trabalha sozinho as vezes e deve atuar mais com seus companheiros de equipe. E Cutrone é daqueles que nunca desistem, ele possui uma grande paixão dentro de si. Precisamos de pessoas assim", disse.

Precisando agora de um remontada na temporada para buscar altos objetivos, Gattuso falou sobre o que espera do restante da temporada: "Temos pela frente a Uefa Europa League e a Copa Itália. Esta camisa tem peso e nunca devemos esquecer isso. Mas teremos que trabalhar", concluiu.

A estreia de Gattuso como técnico do Milan acontece no próximo domingo (3), quando o clube visita o Benevento, fora de casa.