Épico! Com gol de goleiro, Benevento frustra Milan e soma seu primeiro ponto na Serie A

Na estreia do técnico Gattuso, lanterna da competição protagoniza história memorável no Ciro Vigorito e conquista empate heroico, já no minuto final de jogo

Épico! Com gol de goleiro, Benevento frustra Milan e soma seu primeiro ponto na Serie A
Foto: Ciro de Luca/Reuters
Benevento
2 2
Milan
Benevento: Brignoli; Letizia, Djimsiti, Costa, Di Chiara (Gyamfi, min. 79); Memushaj (Coda, min. 79), Chibsah, Cataldi; D’Alessandro, Puscas, Parigini (Brignola, min. 67). Técnico: Roberto De Zerbi.
Milan: Donnarumma; Musacchio, Bonucci, Romagnoli; Borini (Abate, min. 60), Montolivo (Biglia, min. 73), Kessie, Rodriguez; Suso (Zapata, min. 87), Kalinic, Bonaventura. Técnico: Gennaro Gattuso.
Placar: 0-1, min. 38, Bonaventura. 1-1, min. 50, Puscas. 1-2, min. 57, Kalinic. 2-2, min. 90+4, Brignoli.
ÁRBITRO: Maurizio Mariani (ITA). Cartões amarelos: Romagnoli (min. 23), Di Chiara (min. 53), Rodriguez (min. 71), Kessié (min. 89), Abate (min. 90+3), D'Alessandro (min. 90+5). Cartões vermelhos: Romagnoli (min. 75)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 15ª rodada da Serie A 2017/18, realizada no Estádio Ciro Vigorito, em Benevento, Itália.

Na manhã deste domingo (3), o Milan entrou em campo pela 15ª rodada da Serie A contra o lanterna da competição, o Benevento. Com uma grande novidade à beira do gramado, o Diavolo foi ao Estádio Ciro Vigorito com um único placar em mente para suas ambições no campeonato.

Comandados por Gennaro Gattuso, novo treinador rossonero, a equipe de Milão não jogou bem e viu seu adversário escrever uma história inesquecível no futebol italiano. Com direito a gol de cabeça do goleiro Brignoli no minuto final, o Benevento conquistou um comemorado empate por 2 a 2. O outro gol do time da casa foi de Puscas. Bonaventura e Kalinic foram às redes pelos milanistas.

Com o resultado, o Milan chegou aos 21 pontos e retornou à sétima posição. Já a equipe Stregoni somou seu primeiro ponto na elite do futebol italiano, rompendo uma sequência de 14 derrotas na Serie A 2017/18.

Na próxima quinta-feira (7), a equipe rossonera volta à campo pela última rodada da fase de grupos da Uefa Europa League. Os italianos enfrentam o Rijeka, na Croácia. Pela Serie A, o próximo compromisso será no domingo (10), contra o Bologna, fora de casa. O Benevento vai à Údine, no mesmo dia 10, enfrentar a Udinese.

Kalinic desperdiça, Bonaventura vai às redes

(Foto: Carlo Hermann/AFP)

A primeira chance de perigo no Ciro Vigorito foi da equipe visitante. Logo aos 4', Rodriguez arrancou pela direita e descolou bom cruzamento, mas Bonaventura chegou atrasado e errou a cabeçada. Aos 12', Kalinic recebeu belo presente da defesa do Benevento, que saiu jogando errado dentro da grande área, mas o atacante não conseguiu passar pelo goleiro Brignoli. Dominando a posse de bola, a equipe de Gattuso não conseguia converter o controle territorial em chances claras de gol.

À medida que o tempo passava, os donos da casa começaram a gostar mais do jogo e se aventurar ao ataque. Aos 32', Parigini assustou de cabeça, e a bola tirou tinta da trave de Donnarumma. Aos 38', o Milan tirou o zero do placar. Após jogada individual de Kessié pelo lado direito de ataque, Kalinic errou a cabeçada e a zaga afastou mal. Após o bate-rebate, a bola se ofereceu para Bonaventura completar, também de cabeça, e balançar as redes.

Benevento protagoniza momento histórico

(Foto: Carlo Hermann/AFP)

Se faltou emoção nos 45' iniciais, a segunda etapa teve praticamente de tudo. Adotando uma postura mais ofensiva, o Benevento fez a festa de seus torcedores presentes no Ciro Vigorito logo aos 5'. Donnarumma fez milagre após chute violento da altura da meia-lua, mas Puscas, no rebote, bateu o arqueiro milanista e igualou o marcador.

O gol esquentou demais a partida. Sem nenhum interesse no empate, o Milan foi pra cima, e não tardou para conseguir seu segundo gol. Aos 12', Bonaventura achou cruzamento perfeito, na cabeça de Kalinic, livre na pequena área. Frente a frente com o gol, desta vez o croata não desperdiçou e recolocou os visitantes na liderança do placar: 2 a 1.

A desvantagem não esmoreceu o ímpeto da equipe da casa, que seguia partindo pro ataque, ainda que desorganizadamente. O Benevento se animou ainda mais quando, aos 30', o árbitro Maurizio Mariani aplicou, erradamente, o segundo cartão amarelo para Romagnoli. A expulsão do zagueiro gerou muita reclamação dos milanistas e de Gattuso, à beira de campo. 

Com um a mais em campo, os Stregoni foram pra cima, buscando o seu primeiro ponto na Serie A. Aos 39', Coda arriscou belo chute de fora da área, e a bola passou raspando o travessão de Donnarumma. A luta da equipe da casa foi premiada já no apagar das luzes, aos 49' da segunda etapa, em um enredo memorável. Em cobrança de falta, o goleiro Brignoli foi pra área e, com bela cabeçada, se tornou o herói da partida: 2 a 2, para a festa da torcida no Ciro Vigorito.