Mertens diz que Sarri 'mudou a vida' dos jogadores e revela motivo que o fez seguir no Napoli

Atacante afirma que sonho de conquistar o Scudetto pelo clube o motivou a recursar proposta milionária da China e continuar em Nápoles

Mertens diz que Sarri 'mudou a vida' dos jogadores e revela motivo que o fez seguir no Napoli
Vice-artilheiro da última Serie A, Mertens não marca há quatro jogos (Foto: Dean Mouhtaropoulos/Getty Images)

Depois de anos de hegemonia da Juventus, a Serie A desta temporada mudou de cara. Neste ano, apenas cinco pontos separam o quarto lugar da liderança, que hoje pertence à Internazionale, onde assumiu a ponta depois de um tropeço do Napoli contra a Juventus, perdendo a sua invencibilidade.

Nesta sexta-feira (15), às vésperas do confronto contra o Torino, o jornal Corriere della Sera trouxe uma entrevista com o atacante Dries Mertens, do Napoli. Nela, o belga revelou a empatia da equipe para com o técnico Maurizio Sarri, que vem chamando a atenção não só de técnicos italianos, mas estrangeiros como Pep Guardiola.

"Sarri nos transferiu seu modo de entender o futebol, uma filosofia que nos distingue dos outros e que nos permite expressar o nosso jogo da melhor maneira: se mantivermos a bola, estamos sempre no comando", conta o atacante.

+ Técnico do Napoli, Sarri evita comparações com Guardiola e Sacchi: "Não ganhei nada"

Além do estilo de jogo característico, no qual valoriza a posse de bola e contragolpes rápidos, Mertens revela que Sarri foi peça-chave para que a equipe crescesse tecnicamente e mentalmente.

"Temos uma equipe forte, e tenho plena confiança nela. Além disso, podemos contar com um treinador que mudou a vida de todo o elenco, nos transformou em um grupo sólido e motivado, transformando jogadores normais, em fortes. Somos uma equipe com vontade de jogar e isso é um diferencial importante", disse Mertens.

Monitorado pelo mercado chinês no último mercado de verão, entretanto, o belga revelou o porquê de ter recusado propostas do futebol asiático para defender os partenopei.

"Fiquei com o Napoli porque acredito nesse grupo, neste projeto e nos ideais que Sarri vem passando para nós. Eu poderia ter ganho muito mais dinheiro na China, mas esta é a minha cidade e os fãs merecem ganhar", revelou o belga. 

Depois de terem perdido a liderança da Serie A, o Napoli ainda foi eliminado na Uefa Champions League, em um grupo que contava com Shakhtar Donetsk, Manchester City e Feynoord, terminando na terceira posição que dá direito a uma vaga na Europa League. 

Com os dois baques sofridos pela equipe napolitana, Sarri chegou a dizer que a equipe havia perdido o rumo, pois o time não conseguia manter a posse de bola, gerando cobrança também dos torcedores, que viviam o êxtase da campanha vitoriosa no calcio.

"Este é um período difícil e estamos tentando superá-lo, mas essas coisas podem acontecer. Isso aconteceu conosco e não parece que perdemos muito terreno", destacou o atacante, que vê a Inter liderando por apenas um ponto de vantagem.

Sem balançar as redes há quatro jogos, Mertens começou a incomodar parte da torcida, visto que marcou 28 gols na temporada passada e nessa, fez apenas dez gols em 16 jogos. 

"Eu não sou aquele atacante que só vive por gols, não estou lá em cima esperando a bola virar. Eu trabalho com e para a equipe. Uma assistência, desde que ganhemos, tem a mesma importância que um gol. Eu prefiro os três pontos", respondeu o jogador. 

Com 30 anos, o jogador passou a ser questionado sobre o seu futuro, que tem contrato com o time italiano até 31 de julho 2019.

"Eu tenho um contrato de dois anos. Quando eu terminar de jogar, nunca serei treinador, é muito estresse. Eu gostaria de ensinar futebol às crianças".

Ao final da entrevista, com a declaração de que ser técnico é um cargo muito estressante, Mertens foi perguntado como Sarri vem agindo ao longo da campanha que o Napoli vem fazendo. Famoso por fumar muitos cigarros, o técnico italiano na visão do atacante se mostra muito pilhado.

"Sarri se estressando? Eu diria que sim! Ele vem fumando cinco maços de cigarro por dia, então eu acho que isso é um sinal de estresse", finalizou aos risos.