Fiorentina não sai do zero diante do Genoa e perde chance de subir na tabela

Em jogo pouco inspirado, Viola chega à sexta partida sem derrota na temporada, mas apenas empata sem gols diante de seu torcedor

Fiorentina não sai do zero diante do Genoa e perde chance de subir na tabela
Foto: Divulgação/ACF Fiorentina
Fiorentina
0 0
Genoa
Fiorentina: Sportiello; Laurini, Pezzella, Astori, Biraghi; Badelj, Veretout, Benassi (Gil Dias, min. 76); Chiesa, Thereau (Eysseric, min. 65), Simeone (Babacar, min. 65). Técnico: Stefano Pioli
Genoa: Perin; Izzo, Spolli (Rossettini, min. 44), Zukanovic; Rosi, Miguel Veloso, Bertolacci, Migliore; Brlek (Omeonga, min. 77), Taarabt; Pandev (Lapadula, min. 54). Técnico: Davide Ballardini
ÁRBITRO: Giampaolo Calvarese, auxiliado por Salvatore Longo e Mauro Galetto. Amarelos: Thereau (FIO); Brlek, Rosi (GEN)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 17ª rodada da Serie A Tim 2017-18, no Stadio Artemio Franchi, em Florença, Itália

Diante de seu torcedor, a Fiorentina chegou à terceira partida sem sofrer gols na Serie A, mas não saiu do empate com o Genoa, no Artemio Franchi. A Viola não repetiu as boas atuações das últimas semanas e criou pouco, apesar de ter perdido algumas boas oportunidades. Já os visitantes comemoram o ponto conquistado fora de casa e somam apenas uma derroa em seis partidas sob o comando de Davide Ballardini.

Com 23 pontos, a Viola sobe momentaneamente para o 8º lugar, e perde a chance de ultrapassar o Milan e colar na Sampdoria na luta por uma vaga na Europa League. O Genoa soma 14, e é o 17º colocado.

Pela Serie A, a Fiorentina visita o Cagliari, na sexta-feira (22), às 17h45, enquanto o Genoa recebe o lanterna Benevento, no sábado (23), às 12h. Antes, na quarta-feira (20), às 17h45, pela Coppa Italia, o time de Gênova joga partida das oitavas-de-final contra a Juventus, fora de casa. Jogos no horário de Brasília.

Genoa é melhor e Fiorentina cria pouco em primeiro tempo sem gols

Apesar da boa fase da Fiorentina, foi o Genoa, mesmo jogando fora de casa, quem começou com as melhores chances. Com Taarabt conseguindo achar espaços para criar em progressão, o time visitante fez o goleiro viola trabalhar no primeiro tempo. Aos 5, o marroquino fez jogada individual pela direita, passou na velocidade pelos marcadores e finalizou forte, mas Sportiello espalmou. 

Aos 13, no contra-ataque puxado por Taarabt, Pandev tocou na entrada da área e Brlek arriscou de fora da área, porém novamente Sportiello apareceu para espalmar. As três primeiras finalizações da partida fora dos genoveses - o time teve quatro no total na primeira etapa -, até que a Fiorentina conseguiu diminuir os espaços e começou a criar suas oportunidades.

A primeira chance mais clara da Viola veio aos 23. Biraghi levantou para a área e Pezzella apareceu na segunda trave para cabecear, mandando à direita do gol. Mesmo com mais posse de bola - 59% -, a Fiorentina não teve a mesma criatividade de partidas anteriores e não exigiu nenhuma defesa do goleiro Perin em suas novas finalizações.

As oportunidades da Fiorentina na reta final vieram através da criatividade de Chiesa. Aos 38, o camisa 25 avançou pela direita, rolou para o meio e Simeone bateu de canhota, à esquerda do gol. Dois minutos depois, novamente Chiesa apareceu. O italiano recebeu na direita da área, bateu cruzado e Simeone desviou na pequena área, não o suficiente para mandar para o gol, e a bola passou na frente da meta de Perin.

Viola desperdiça oportunidades e tropeça

O melhor momento da Fiorentina na partida foi o início da segunda etapa, quando o time da casa desperdiçou chances em sequência para sair na frente. Aos 4, Chiesa avançou da esquerda para o meio e arriscou de canhota, mas Perin tirou de soco. Dois minutos depois, Benassi recebeu na esquerda da área, bateu cruzado e novamente o goleiro do Genoa apareceu para defender, fechando bem o ângulo.

Na sequência, Chiesa recebeu lançamento de Badelj, cruzou rasteiro e Simeone recebeu livre, mas chutou muito forte e desperdiçou grande chance, mandando por cima do gol. No total, foram 13 finalizações da Viola na segunda etapa, contra apenas uma do Genoa - 22 a 5 no total -, mas o time visitante conseguiu se defender melhor no restante da partida para segurar o empate.

O técnico da Fiorentina, Stefano Pioli, sacou Thereau, Simeone e Benassi para as entradas de Eysseric, Babacar e Gil Dias, mas foram as poucas as finalizações importantes da Viola na reta final da partida. Em alguns cruzamentos laterais, o time da casa chegou a levar perigo, mas não encontrou chutes em posição ideal. Na reta final, o Genoa controlou bem a partida e segurou o ponto para se manter fora da zona de rebaixamento da Serie A.