Icardi perde pênalti, Inter cai para Sassuolo e perde segunda seguida

Nerazurri começaram bem, mas Falcinelli abriu o placar no primeiro tempo e artilheiro argentino ainda perdeu pênalti em derrota por 1 a 0

Icardi perde pênalti, Inter cai para Sassuolo e perde segunda seguida
Foto: Alberto Pizzoli/AFP
Sassuolo
1 0
Internazionale
Sassuolo: Consigli; Lirola, Goldaniga, Acerbi, Peluso; Magnanelli, Missiroli, Duncan (Cannavaro, min. 90+5); Berardi (Ragusa, min. 63), Politano (Mazzitelli, min. 83), Falcinelli. Técnico: Giuseppe Iachini
Internazionale: Handanovic; João Cancelo, Skriniar, Miranda (João Mário, min. 80), D'Ambrosio (Dalbert, min. 77); Gagliardini, Borja Valero; Candreva, Brozovic (Éder, intervalo), Perisic; Icardi. Técnico: Luciano Spalletti
Placar: 1-0, min. 34, Falcinelli
ÁRBITRO: Daniele Doveri, auxiliado por Alfonso Marazzo e Giorgio Peretti. Amarelos: Magnanelli (SAS); João Cancelo (INT)
INCIDENCIAS: Partida válida pela 18ª rodada da Serie A Tim 2017-18, no MAPEI Stadium, em Reggio-Emilia, Itália

Antes invicta na temporada e líder da Serie A, a Internazionale foi derrotada pelo Sassuolo fora de casa por 1 a 0, perdeu a segunda seguida no campeonato e pode cair para o quarto lugar ao fim da rodada. Falcinelli marcou o único gol do jogo e o artilheiro da Inter, Icardi ainda teve cobrança de pênalti defendida por Consigli na segunda etapa.

Com sua terceira vitória seguida no campeonato, o Sassuolo sobe para o 14º lugar, com 20 pontos, agora com cinco de vantagem para o Crotone, primeiro time dentro da zona de rebaixamento. Já a Inter para nos 40 pontos, no terceiro lugar, cinco atrás do líder Napoli.

No próximo sábado (30), pela última rodada do turno da Serie A, o Sassuolo viaja para enfrentar a Roma, às 12h, enquanto a Inter recebe a Lazio, às 15h. Já pelas quartas-de-final da Copa Itália, os nerazzuri jogam o clássico de Milão contra o Milan, na quarta-feira (27), às 17h45. Partidas no horário brasileiro de verão.

Inter domina posse de bola, mas Sassuolo acha espaços e sai na frente

Com muita posse de bola desde o começo de jogo - terminou com 69% a primeira etapa -, a Inter teve um grande domínio territorial na parte inicial da partida, algo que foi diminuindo no decorrer dos 45 iniciais. A primeira chance da partida veio aos 6. Candreva recebeu na direita após contra-ataque puxado por Icardi, ajeitou para a canhota e bateu de fora da área, mas Consigli segurou firme.

Após um início bem superior, a Inter passou a encontrar mais dificuldades para superar a marcação neroverdi, e, com poucas alternativas para a criação de jogadas, assustou pouco. O Sassuolo, por sua vez, começou a encontrar espaços e, com a movimentação de seu trio de ataque, conseguiu criar oportunidades.

Aos 23, depois de um lançamento longo, Berardi ajeitou, Politano avançou pela esquerda e devolveu para o camisa 25, que ficou com pouco espaço para finalizar e girou batendo, à esquerda do gol. Na sequência, a resposta da Inter. Candreva avançou pela direita, levantou na segunda trave e Perisic cabeceou no canto, mas Consigli voou e espalmou.

Já aos 33, em grande arrancada pela direita, Politano deixou D'Ambrosio e Brozovic para trás, cruzou na segunda trave e Falcinelli subiu mais alto que a defesa para mandar de cabeça para o fundo do gol: 1 a 0. Um minuto depois, quase o time da casa ampliou. Missiroli avançou pelo meio, abriu na direita, Berardi apareceu com espaço e bateu cruzado, mas Handanovic segurou em dois tempos.

Com a desvantagem no placar, a Inter tentou uma postura mais ofensiva, mas, por falta de inspiração e pelo bom posicionamento da defesa mandante, foram poucas as chances. Aos 41, em lançamento de muita categoria de Brozovic por elevação, Icardi encobriu o goleiro, mas Acerbi se recuperou para botar a bola pela linha de fundo, mantendo o 1 a 0 para o intervalo no MAPEI Stadium.

Consigli pega pênalti e Inter perde mais uma

Com Éder na vaga de Brozovic para a segunda etapa, Luciano Spalletti postou a Inter com uma postura ainda mais ofensiva e o início da segunda etapa foi de pressão nerazzura. Logo aos 2, em tabela pela direita com Candreva, Cancelo avançou, levantou para a área, a bola explodiu no braço aberto de Acerbi e o árbitro marcou pênalti. Icardi cobrou no canto esquerdo, mas Consigli adivinhou o lado e defendeu.

Aos 9, após grande arrancada pela direita, Candreva trouxe pelo meio, deu uma caneta em Acerbi e bateu de pé esquerdo o meio do gol, mas o goleiro espalmou. Novamente a Inter foi perdendo ímpeto ao longo da segunda etapa, e o Sassuolo se postou bem para evitar chances criadas pelos visitantes, e ainda teve boas chances no contra-ataque. Aos 20, Ragusa roubou a bola no campo de defesa, avançou pela direita e atravessou para Falcinelli, que bateu forte da entrada da área, mas mandou por cima

As entradas de Dalbert e João Mário nas vagas de D'Ambrosio e Miranda não tiveram grande efeito no número de chances criadas para a Inter, mas abriram ainda mais o time e deu espaços que o Sassuolo soube explorar para chegar com perigo. Aos 35, Politano recebeu na esquerda, avançou com muito espaço até entrar na área e bateu para o gol, mas parou em Handanovic. Três minutos depois, Duncan recebeu passe de cabeça de Falcinelli pela esquerda e tentou surpreender com chute de longe, mas novamente o goleiro segurou.

A Internazionale só assustou novamente aos 39. Cancelo lançou para a área, Icardi fez o pivô e Éder chegou batendo de primeira, mandando à direita do gol. Sofrendo com a falta de inspiração do setor ofensivo, a Inter tentou pressionar no final com bolas alçadas na área, mas o Sassuolo manteve sua postura segura e garantiu os três pontos diante de sua torcida.