Douglas Costa marca golaço, Juventus bate Torino e avança à semi da Copa Itália

Vecchia Signora faz um gol em cada tempo e vence o Derby della Mole; Atalanta será a adversária dos bianconeri na próxima fase

Douglas Costa marca golaço, Juventus bate Torino e avança à semi da Copa Itália
Douglas Costa acertou um lindo voleio no ângulo do goleiro (Foto: Filippo Alfero/Juventus FC)
Juventus
2 0
Torino

Com dois golaços, a Juventus levou a melhor sobre no Derby della Mole, venceu o Torino por 2 a 0 e carimbou sua classificação à semifinal da Copa Itália. Douglas Costa acertou um lindo voleio no ângulo e abriu o placar no primeiro tempo. Na etapa final, Mario Mandzukic encobriu o goleiro com uma linda cavadinha. O jogo ocorreu nesta quarta-feira (3), no Allianz Stadium, em Turim.

Agora, a Juventus pegará a Atalanta. Os nerazzurri garantiram a classificação ao derrotar o Napoli, em Nápoles, nessa terça-feira (2). A semifinal é a única fase da Copa Itália onde há jogos de ida e volta. A primeira partida será disputada em Turim, no dia 30 de janeiro, ao passo que a volta está marcada para o dia 27 de fevereiro, em Bérgamo.

Juventus e Torino entrarão em campo novamente no sábado (6). Os juventinos irão à Sardenha enfrentar o Cagliari, às 17h45 (de Brasília). Um pouco mais cedo, às 9h30 (de Brasília), a equipe granata receberá o Bologna, em Turim.

Juventus domina primeiro tempo

Douglas Costa marcou o único gol da etapa inicial (Foto: Filippo Alfero/Juventus FC)
Douglas Costa marcou o único gol da etapa inicial (Foto: Filippo Alfero/Juventus FC)

Massimiliano Allegri e Sinisa Mihajlovic, respectivos técnicos de Juventus e Torino, mandaram a campo times mistos. Mas, devido ao alto investimento, a equipe bianconera tinha mais qualidade. O trio de ataque, por exemplo, era formado por Douglas Costa, Mandzukic e Dybala. Já o Torino, sem o lesionado atacante Belotti, apostava suas fichas em Niang e Iago Falqué.

Não demorou muito para a Juventus dar alegria à sua torcida. Aos 15 minutos, Douglas Costas pegou sobra de bola e emendou uma pancada de voleio no ângulo esquerdo. Golaço. A Juve não diminuiu o ritmo após abrir o placar, e Dybala quase alargou a vantagem, finalizando por cima da meta.

O Torino, porém, não se abateu com o ímpeto da Vecchia Signora e assustou em dois lances. O goleiro Savic lançou, a defesa da Juve vacilou, Niang ganhou na velocidade de Sturaro e acertou a trave esquerda. Em seguida, Rincón bateu de canhota de fora da área, mas Szczesny encaixou a finalização.

Apesar das duas oportunidades geradas pelo setor ofensivo do Torino, a Juventus sufocava o time granata. O trio Dybala-Mandzukic-Douglas Costa estava on fire. O brasileiro, inclusive, fez linda jogada na linha de fundo, invadiu a área e rolou para Dybala mandar um foguete; Savic fez a defesa. O argentino, em jogada individual, quase fez 2 a 0 antes do intervalo, mas a bola saiu à direita do gol.

Juve faz mais um, controla e carimba avanço

Mandzukic toca de cavadinha e encobre o goleiro Savic (Foto: Daniele Badolato/Juventus FC)
Mandzukic toca de cavadinha e encobre o goleiro Savic (Foto: Daniele Badolato/Juventus FC)

No segundo tempo, Mandzukic perdeu um gol feito. Lichtsteiner – entrou no lugar de Sturaro, que não foi bem na primeira etapa – tocou em profundidade para Douglas Costas, que rolou para a área. Mandzukic, de frente para o gol, furou a bola.

A Juventus criava muito volume de jogo pela ponta direita. Não à toa Dybala se aproximava do setor para gerar associações com Douglas Costas. E foi assim que os donos da casa quase ampliaram. O argentino se projetou, recebeu passe do brasileiro e encontrou Matuidi dentro da pequena área. A finalização do francês passou rende à trave esquerda.

Depois de tanto insistir, os bianconeri finalmente balançaram as redes pela segunda vez. Khedira roubou a bola de Acquah, a defesa do Torino ficou pedindo falta, o árbitro mandou o jogo seguir. A redonda sobrou para Mandzukic, que, cara a cara com o goleiro, mandou de cavadinha.

O árbitro consultou o árbitro de vídeo após o gol, para conferir se houve mesmo falta de Khedira em cima de Acquah. Ele validou o gol depois de olhar o vídeo, o treinador do Torino, Mihajlovic, perdeu as estribeiras e insultou o juiz, que o expulsou imediatamente.

Com o jogo praticamente definido, Allegri colocou em campo o artilheiro Higuaín. Em jogada solitária, o camisa 9 bianconero quase deixou sua marca. Depois disso, a Juve controlou o jogo e garantiu a classificação à semifinal.