Volante da Juventus, Matuidi sofre injúrias raciais de torcedores do Cagliari

Meio-campista foi às redes sociais para esclarecer o caso e mostrar que repudia qualquer ato desse tipo: "O futebol é onde devemos espalhar a igualdade"

Volante da Juventus, Matuidi sofre injúrias raciais de torcedores do Cagliari
Matuidi chegou recentemente à Juventus vindo do PSG (Foto: Marco Bertorello/Getty Images)

Depois de a Juventus vencer o Cagliari, por 1 a 0, fora de casa, nesse sábado (6), pela Serie A, o meio-campista Blaise Matuidi, do time alvinegro, foi vítima de um ato comum na Itália: o racismo.

Ao final da partida, os torcedores do Cagliari fizeram sons característicos de macacos e xingaram o atleta, que é negro e natural da França.

Em sua conta oficial da rede do Facebook, o atleta publicou uma mensagem relatando o caso ocorrido na Sardenha.

"Obrigado por todas as mensagens de apoio. Hoje, eu fui vítima do racismo durante a partida. Pessoas fracas tentaram me intimidar com seu ódio. Eu não odeio elas, o que eu posso dizer é que sinto muito por elas serem esses maus exemplos. Futebol é um esporte onde devemos espalhar a igualdade, paixão e inspiração, é para isso que eu estou aqui. Paz", publicou o meio-campista.

O racismo é um ato recorrente na Itália, e o mais recente foi visto na partida entre Milan e Internazionale, pela Copa Itália, em dezembro passado, quando a torcida nerazzurra incitou cânticos racistas contra o meio-campista Frank Kessié.

+ Torcida da Internazionale incita cânticos racistas contra volante Kessié, do Milan

Nas duas ocasiões, nenhum dos clubes se posicionou quanto ao ato de suas torcidas. O único pronunciamento partiu por parte dos jogadores, que repudiam qualquer ato de injúria racial, assim como os seus companheiros de equipe.