Gabigol é eleito pior estrangeiro do futebol italiano em 2017

Brasileiro concorreu ao prêmio pelo segundo ano seguido

Gabigol é eleito pior estrangeiro do futebol italiano em 2017
Gabigol em ação pela Inter (Foto: Marco Luzzani/FC Internazionale)

O atacante Gabigol não está tendo vida fácil na Europa. Após frustrante passagem pela Internazionale, o brasileiro – atualmente emprestado ao Benfica – não foi esquecido pelos italianos. Nessa segunda-feira (8), ele venceu o Golden Bin, dado ao pior estrangeiro do futebol italiano em 2017.

A votação e nomeação é feita pelo site Calciobidone, que continuou a tradição da antiga rádio Rai 2, criadora da honraria. O prêmio é entregue ao final de cada para o pior estrangeiro da Serie A.

Não foi a primeira vez que ele concorreu. Em 2016, o jogador ficou em segundo na eleição, perdendo para seu ex-companheiro, Kondogbia, também da Inter. Neste ano, o atacante não escapou da imprensa italiana e venceu o prêmio com sobras.

Gabriel chegou a Inter em agosto do ano retrasado por € 33 milhões, mas não se firmou na Itália. Até aqui, ele atuou apenas dez vezes pelo nerazzurri e marcou apenas um gol. Além disso, protagonizou polêmicas, como ter deixado o banco de reservas na partida contra a Lazio após ter se irritado com o treinador.

No segundo semestre de 2017, ele foi emprestado ao Benfica, mas a falta de tempo de jogo rendeu especulações para um retorno ao Brasil. Em Portugal, ele disputou cinco jogos e marcou um gol.