Gattuso exalta Kessié após vitória do Milan: "Muito melhor do que eu fui"

Marfinense foi destaque e balançou duas redes no triunfo sobre o Cagliari

Gattuso exalta Kessié após vitória do Milan: "Muito melhor do que eu fui"
Kessié é peça indispensável no meio de campo rossonero (Foto: Divulgação/AC Milan)

Uma das grandes apostas do Milan nas últimas temporadas, o meio-campista Franck Kessié tem se mantido firme como um dos principais 'pontos de equilíbrio' na oscilante campanha rossonera nesta temporada.

Neste domingo (21), o o jogador foi determinante para que sua equipe alcançasse a terceira partida consecutiva sem derrotas. O Milan foi até a região da Sardenha encarar o Cagliari, e graças a dois tentos de Kessié, conquistou a vitória por 2 a 1 na Sardegna Arena.

Após o duelo, Gennaro Gattuso não poupou elogios ao seu comandado, e ressaltou as qualidades do marfinense. "Kessié é muito melhor do que eu fui", afirmou o ex-volante, sem titubear. "Ele marca sete ou oito gols por temporada. Mas em geral, devemos focar no coletivo, e não individualmente", disse o comandante rossonero

+ Técnico do Milan, Gattuso faz dedicatória especial a Carlo Ancelotti

Nesta jornada, Kessié foi às redes em quatro oportunidades

Gattuso lamentou o gol sofrido, marcado pelo talentoso meia Nicolò Barella, e ainda fez sua análise da vitória do Diavolo. O técnico ainda enalteceu o goleiro Gianluigi Donnarumma.

"Falhamos no gol, mas Donnarumma com um milagre nos manteve no jogo quando eles ainda estavam na frente. Devemos jogar uma partida de cada vez e depois ver como tudo termina. Estamos trabalhando duro, os rapazes merecem todo o crédito já. Estamos evoluindo. Estou feliz com o desempenho como um todo, mas temos que elevar o nível de concentração. Estivemos cansados no final, mas estamos começando a jogar um bom futebol", ressaltou 'Rino'. 

O ex-volante ainda comentou sobre a briga pela posição no setor ofensivo. O criticado atacante Nikola Kalinic novamente foi titular na Sardenha, enquanto a promessa Patrick Cutrone e o português André Silva ficaram no banco. "Teremos 11 jogos nos próximos 43 dias, por isso haverá espaço para todos jogarem, incluindo André Silva. É minha responsabilidade hoje escolher as peças. André é jovem e talentoso, só precisa melhorar em alguns aspectos", finalizou.

O Milan volta a campo no próximo domingo (28), quando recebe no San Siro a terceira colocada Lazio