Após empate, Spalletti visa recuperação da Inter: "Precisamos de equilíbrio"

Treinador comentou empate contra a SPAL e admitiu que falta equilíbrio a equipe

Após empate, Spalletti visa recuperação da Inter: "Precisamos de equilíbrio"
Spalletti não gostou da atuação da Inter (Foto: Miguel Medina/AFP)

Neste domingo (28), a Internazionale empatou em 1 a 1 com a Spal, em Ferrara. Numa partida sonolenta, os nerazzurri chegaram a abrir o placar com um gol contra do defensor Vicari, mas recuaram demais e sofreram o empate aos 90 minutos, com gol do atacante Paloschi.

Desapontado com mais um resultado ruim, o técnico Luciano Spalletti falou sobre os principais pontos do jogo e crê em uma recuperação. Segundo ele, mesmo com a Inter vencendo, a equipe mostrou dificuldade pra definir as jogadas e não tem conseguido manter o mesmo ritmo.

"Mesmo quando estávamos ganhando, haviam momentos em que não conseguíamos construir nossos pontos fortes. Precisamos encontrar um equilíbrio na forma como agimos, todos precisamos estar mentalmente na mesma forma", afirmou.

"Nós quebramos o impasse, tivemos chances de ampliar o placar, mas não fomos eficazes em nossa tomada de decisão. Uma vez que se tornou um jogo físico, não estávamos no melhor nível. Falta algo quando você recebe essa pressão. Em algumas ocasiões, fazemos tudo bem, em outros temos tudo errado. Nós precisamos melhorar e mostrar quem somos realmente", concluiu.

Mesmo com mais uma partida ruim, o treinador prega trabalho na equipe para saber da melhor maneira como ter mais controle do resultado e principalmente para defini-los, já que a Inter foi punida no final, com o gol de Paloschi.

"Nós lutamos pra encontrar espaços. No final, não melhoramos a situação e assumiram o controle da partida. Precisamos trabalhar melhor e encontrar mais soluções sem nos tornarmos tímidos nos jogos", declarou.

Com os resultados adversos, a Inter agora procura sua melhor forma e Spalletti crê que o time precisa de uma mentalidade forte, já dita pelo próprio em outras entrevistas. Para ele, esse é um passo para que a equipe seja forte.

"Estamos tentando obter mais força e autoconfiança. Precisamos de uma forte reação. E uma mentalidade homogênea. Até que possamos voltar ao nosso melhor nível", afirmou.