Suso faz 'pintura', mas Milan sofre com um a menos e cede empate à Udinese

Diavolo perde controle da partida após expulsão do lateral Calabria, é obrigado a recuar e vê time bianconero igualar o placar

Suso faz 'pintura', mas Milan sofre com um a menos e cede empate à Udinese
Foto: Dino Panato/Getty Images
Udinese
1 1
Milan
Udinese: Bizarri; Larsen, Danilo, Nuystick; Zampano, Behrami (Balic), Barak, Jankto e Pezzella (Widmer); De Paul (Maxi Lopez) e Lasagna. Técnico: Massimo Oddo.
Milan: Donnarumma; Abate, Bonucci, Romagnoli e Calabria; Biglia, Kessie e Bonaventura (Antonelli); Suso, André Silva (Kalinic) e Çalhanoglu (Borini). Técnico: Gennaro Gattuso.
Placar: 0-1, min. 9, Suso; 1-1, min 76. Lasagna.
ÁRBITRO: Gianluca Manganiello (ITA). Cartões amarelos: Larsen (min. 33), Calabria (min. 41), Danilo (min. 85). Cartões vermelho: Calabria (min. 66).
INCIDENCIAS: Partida válida pela 23ª rodada da Serie A, realizada na Dacia Arena, em Údine, Itália.

Neste domingo (4), o Milan visitou a Udinese na Dacia Arena, em Údine, valendo pela 23ª rodada da Serie A. Com uma bomba de longa distância, o meia-atacante Suso colocou o Diavolo em vantagem no início do primeiro tempo. Porém, o lateral Davide Calabria foi expulso na etapa final, e a equipe da casa empatou o duelo com gol do atacante Kevin Lasagna, que desviou no zagueiro Leonardo Bonucci e "matou" o goleiro Gianluigi Donnarumma.

Com o resultado, o Diavolo caiu uma posição e agora está na oitava colocação, com 35 pontos. O seu próximo compromisso será contra a Spal, em Ferrara, no sábado (10), às 12h (de Brasília). Já os bianconeri permanecem na nona colocação, com 33 pontos. Na próxima rodada, visitarão o Torino, que está logo uma posição abaixo, em Turim, no domingo (11), às 12h (de Brasília).

Suso faz golaço, e Milan sai na frente

A primeira etapa começou bem movimentada com as duas equipes aplicando muito suas estratégias de jogo. A Udinese se defendia muito bem com seu esquema 3-5-2 e o Milan procurava propor um futebol mais ofensivo com muita posse de bola.

E logo no primeiro minuto, Abate desceu pela direita do ataque rossonero e cruzou, a bola passou pela área e Bonaventura concluiu a gol, mas Bizarri defendeu sem maiores problemas.

Minutos depois, o Milan seguia atacando e em uma trama que se iniciou com Kessie, o marfinense tocou para Suso que ajeitou e mandou um chutaço no ângulo do goleiro. A bola ainda tocou na trave antes de entrar. Um golaço.

Depois disso, a Udinese avançou um pouco as suas linhas e passou a atacar mais e quase marcou em cabeçada de Lasagna, mas a bola foi pra fora. Os donos da casa chegaram novamente com o atacante que recebeu longo lançamento da defesa, dominou e chutou, mas Donnarumma espalmou para escanteio.

Somente no final da primeira etapa, o Milan retomou o controle da partida, com bastante posse de bola, mas criando poucas chances de gol. Em uma delas, André Silva fez bom trabalho de pivô para Çalhanoglu que finalizou pra fora.

Com um a mais, Udinese consegue empate

O segundo tempo começou ligeiramente diferente, já que a Udinese resolveu ficar mais com a bola para tentar o empate e o Milan se defendia com suas linhas um pouco mais recuadas.

Mas a primeira chance foi do Milan com Suso que tentou cruzamento da direita, a bola passou por toda a área e quase entrou. A Udinese tentava penetrar na defesa rossonera, mas parecia sem ideias e o Diavolo controlava o placar sem maiores problemas, cadenciando o jogo quando queria e buscando os contra-ataques.

O panorama mudou quando o jovem lateral Calabria cometeu falta infantil no campo de ataque e já amarelado, foi para o chuveiro mais cedo, deixando o Milan com um a menos. A partir daí, a Udinese se jogou para o ataque impulsionado pela sua torcida.

Logo depois da expulsão, Maxi Lopez recebeu dentro da área, virou e chutou, Donnarumma defendeu e a defesa afastou. A pressão continuou e em uma bola enfiada para Lasagna, o atacante tentou o cruzamento, a bola bateu em Bonucci, enganou Donnarumma e entrou para o fundo das redes.

O gol pareceu ter tido efeito inverso nos donos da casa, que ao invés de pressionarem ainda mais pela virada, se contentaram em empatar a partida. Já o Milan, mesmo com um homem a menos, tentou juntar suas últimas forças para uma improvável vitória e quase conseguiu em cabeçada de Kalinic, mas a bola passou por cima.

No final, a Udinese tentou alguns cruzamentos para aproveitar seus grandalhões na área, mas a defesa afastou e o resultado terminou empatado.