Ex-técnico da Roma, Spalletti revela que Totti 'não conseguia correr' em seus últimos jogos

Segundo publicação de jornal italiano, treinador disse que evitou escalar o ex-jogador para não interferir no psicológico do time

Ex-técnico da Roma, Spalletti revela que Totti 'não conseguia correr' em seus últimos jogos
Ao fundo, Spalletti aplaude Totti na despedida do ex-jogador (Foto: Silvia Lore/NurPhoto via Getty Images)

Luciano Spalletti, atual técnico da Internazionale e ex-comandante da Roma, revelou que Francesco Totti 'não conseguia correr' em seus últimos jogos antes de pendurar as chuteiras. A confissão, segundo o jornal Corriere della Sera, foi para um grupo de torcedores romanistas que estava do lado de fora do restaurante Grani & Braci, em Milão, após as equipes se enfrentarem no San Siro, em janeiro, pela Serie A.

Spalletti deixou a Roma ao fim da última temporada, e seus últimos meses no clube da capital foram marcados por um relacionamento conturbado com Totti, que se aposentou no último jogo da época 2016/17 e hoje é diretor da agremiação giallorossa.

"Totti não conseguia correr, e outros [jogadores], quando o viam jogar, ficavam deprimidos", Spalletti disse aos torcedores, de acordo com a publicação do periódico italiano.

O treinador também mostrou descontentamento com o presidente da Roma, James Pallotta. Segundo Spalletti, o mandatário norte-americano tinha a intenção de abrir mão dos principais atletas do elenco. "Pallotta deixou claro que ia vender os melhores jogadores, mas eu fui além daquilo que era esperado e levei a Roma ao segundo lugar [da Serie A]. Conseguimos ficar à frente do Napoli", pontuou.

A Roma, hoje treinada por Eusebio Di Francesco, é a quinta colocada na atual edição da Serie A, enquanto a Inter de Spalletti, que não vence há oito jogos, aparece uma posição acima. A distância de uma equipe para a outra é de apenas um ponto (45 a 44).