Agente indica que Gianfranco Zola e Maurizio Sarri podem integrar comissão técnica do Chelsea

Agente de Gianfranco Zola, ídolo dos blues, concedeu entrevista à Radio Crc e contou que o clube londrino pensa em nomeá-lo diretor esportivo para ficar à frente das negociações devido ao bom relacionamento com Sarri

Agente indica que Gianfranco Zola e Maurizio Sarri podem integrar comissão técnica do Chelsea
À procura de um treinador, agente de Zola revela que Sarri é o 'sonho de Abramovich' no Chelsea

A campanha do Napoli na Serie A vem despertando atenção de clubes que se encantam com a forma que o time napolitano atua. Tal aspecto de jogo, leva a clubes como o Chelsea se interessarem pela principal peça nessa equipe, Maurizio Sarri. O comandante foi pauta nesta quarta-feira (7) durante entrevista com Fulvio Marrucco, empresário de Giamfranco Zola à Radio CRC.

Sarri é o candidato favorito de Roman Abravich, dono do Chelsea, que conta com o bom relacionamento Zola, ex-jogador e ídolo dos blues, e o treinador para fazer a 'ponte' entre as negociações e seduzi-lo para vir para a Inglaterra já na próxima temporada. 

Fulvio Marrucco esclareceu a escolha do clube londrino por Sarri, mas não deu muitas pistas sobre possíveis conversas entre Zola, Chelsea e Sarri.

"Chelsea é um dos clubes que está interessado em Sarri. E pensam em nomear Zola como diretor esportivo para ficar à frente da negociação. Confesso que é uma posição difícil de se adotar na Inglaterra", esclareceu Marrucco.

Ainda durante a entrevista à rádio, o agente demonstrou as pretensões de Abramovich com o técnico, apesar de ter dito em apenas uma palavra sobre o quanto o russo deseja Sarri para o comando dos blues.

"Sarri é o treinador dos sonhos de Abramovich, contudo, eu não sei nada sobre isso pois não estou interessado no treinador do Napoli. Já sobre Zola, entretanto, eu posso dizer que o Chelsea ainda não nos procurou com uma proposta", finalizou. 

Sabendo de interesse de diversos clubes em seu treinador o Napoli já iniciou as conversas de negociação com Sarri, que tem vínculo com a equipe napolitana até 30 de junho de 2020 e uma multa rescisória de €8 milhões.

O caso Antonio Conte

O motivo de tal interesse está no caso de Antonio Conte. O técnico campeão na temporada passada não vem correspondendo às expectativas no cargo, além de distribuir indiretas de reclamações contra a diretoria e dizer que "perdeu o elenco" no sentido dos atletas não confiarem mais no seu comando técnico.

Nesta temporada, Conte acumula apenas seis derrotas à frente do Chelsea, mas as más atuações não convencem a torcida e incomodam a diretoria. Durante a última rodada da Premier League, a gota d'água chegou para Conte, que sofreu uma goleada de 4 a 1 para o Watford e foi à coletiva em tom de despedida do clube, contudo o Chelsea informou que ainda não demitirá o treinador.

A saída iminente de Conte leva outros clubes mostrarem interesse, como o Milan e também a Azzurra, que atualmente não tem um treinador fixo, sendo comandada por Luigi Di Biagio interinamente.