PSV enfrenta Bayern de Munique para manter chances de classificação na UCL

Equipe de Phillip Cocu joga suas últimas fichas no duelo contra a equipe bávara, que espera conquistar mais um triunfo no torneio continental

PSV enfrenta Bayern de Munique para manter chances de classificação na UCL
PSV
Bayern de Munique
PSV: Pasveer; Arias, Isimat-Mirin, Moreno, Willems; Pröpper, Guardado, Ramselaar; Bergwijn, Pereiro; L. de Jong. Técnico: Phillip Cocu.
Bayern de Munique: Neuer; Lahm, J. Boateng, Hummels, Alaba; Xabi Alonso; Thiago Alcântara, Vidal; Robben, T. Müller; Lewandowski. Técnico: Carlo Ancelotti.
ÁRBITRO: Gianluca Rocchi (ITA).
INCIDENCIAS: Partida válida pela quarta rodada da fase de grupos da Uefa Champions League, a ser realizada no Philips Stadion, em Eindhoven, na Holanda. Horário: 17h45 (de Brasília)

No Philips Stadion, o PSV encara o Bayern de Munique, em jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da Uefa Champions League, pelo Grupo C. O confronto ocorre nesta terça-feira (1º), às 17h45 (de Brasília). A equipe de Eindhoven busca sua primeira vitória no grupo e terá pela frente um adversário que vem recuperando seu bom futebol e quer mais uma vitória na competição.

No ultimo encontro entre as duas equipes na Allianz Arena, os bávaros venceram pelo placar de 4 a 1, com gols de Thomas Müller, Kimmich, Lewandowski e Robben. Para os holandeses, o tento foi marcado por Narsingh.

Fazendo uma campanha irregular na Eredivisie, PSV aposta suas últimas fichas na classificação da UCL

O clube de Eindhoven vem fazendo uma temporada abaixo do esperado na Eredivisie. A equipe está na terceira colocação e no último final de semana derrotou o Vitesse, por 2 a 0. Na UCL, por sua vez, a campanha é decepcionante até o momento: só somou um ponto até agora e perdeu os dois jogos. A partida contra os bávaros é provavelmente a última chance de conseguir a vaga para segunda fase do torneio.

O técnico da equipe, Phillip Cocu, não vai contar com alguns titulares, sendo o goleiro Zoet, com uma lesão muscular, os meio-campistas Siem De Jong e Hendrix, e os atacantes Locadia e Narsingh, entregues ao departamento médico.

O treinador ressaltou o caráter de decisão da partida para o PSV. “É muito importante está disputando a Uefa Champions League e será uma partida importante para nossa equipe. Será uma decisão e precisamos muito da vitória para ao menos sonhar com uma classificação. Sabemos que ficou muito difícil por conta dos jogos no qual fomos derrotados. Jogaremos diante de um adversário poderoso e um dos favoritos ao titulo desta temporada. O Bayern de Munique mostrou sua força dentro da sua casa e agora será a nossa vez de fazer o mesmo dentro do Philips Stadion”, disse.

Já o goleiro Remko Pasveer, que vai substituir o lesionado Zoet, comentou sobre a importância do jogo. “Estamos focados no jogo e não vai ser nada fácil enfrentar uma das melhores equipes do mundo e queremos mostrar nossa força diante do nosso torcedor. A partida para nós se tornou importante para pretensões de uma classificação a fase seguinte. Ainda vamos lutar até o fim para sobrevivermos no torneio”.

Bayern visita PSV em busca de mais um triunfo para se aproximar do mata-mata

Após a vitória sobre o Augsburg no final de semana, a equipe de Munique volta suas atenções para o duelo da UCL. O time de Carlo Ancelotti é o segundo do grupo, com seis pontos, e chega à Holanda querendo mais uma vitória no grupo para se aproximar da vaga a fase seguinte. As baixas são o zagueiro Javi Martinez e o meia-atacante Franck Ribéry.

Em entrevista coletiva, o treinador italiano falou dos cuidados que o time alemão precisa ter com o adversário. “No duelo em Munique começamos bem, mas no final da primeira etapa até o inicio da etapa final tomamos um sufoco do PSV que por pouco não empatou aquele jogo. Fomos oportunistas e conseguimos marcar mais três gols naquela oportunidade. O adversário vai vir desesperado em busca da vitória e faremos de tudo para sairmos da Holanda com o resultado a nosso favor e que vai nos dar mais tranquilidade para se aproximar da classificação. Não podemos subestimar o time deles e todo cuidado é pouco”.

Retornando ao clube onde teve seu primeiro sucesso o meia-atacante Arjen Robben falou da expectativa de voltar ao Philips Stadion. O jogador atuou entre os anos de 2002 e 2004 no PSV quando foi contratado junto ao Groningen.

“Vai ser muito especial ao retornar ao lugar onde fui muito feliz, foram dois anos jogando pelo PSV onde sou grato. Fui campeão atuando por esse grande clube e sou muito grato ao Guus Hiddink que foi que me contratou do Groningen. Agora estou do outro lado e vou fazer o melhor vestindo a camisa do Bayern e espero ajudar a equipe a sair com o resultado a favor e não será um duelo fácil e sei como é jogar no Philips Stadion e o PSV é muito forte dentro de seu estádio”, afirmou Robben.