Van Gaal comemora vitória do United, mas é realista: "Ainda é muito difícil chegarmos à UCL"

Holandês celebrou o triunfo longe de casa, porém ainda vê a Champions League distante

Van Gaal comemora vitória do United, mas é realista: "Ainda é muito difícil chegarmos à UCL"
Van Gaal pode continuar em Manchester na próxima temporada (Foto: Stephen Pond/Getty Images)

Nesse sábado (7), o Manchester United visitou a equipe do Norwich City e a derrotou, por 1 a 0, com gol de Mata. A partida foi válida pela 37ª rodada da Premier League.

O técnico Louis Van Gaal analisou o triunfo longe do Old Trafford. “É tão importante. Estou muito feliz. Não é fácil ganhar do Norwich, pois eles ainda estão lutando contra o rebaixamento e tínhamos que vencer porque perdemos dois pontos contra o Leicester. Agora ainda estamos na corrida”, declarou o holandês após o jogo.

Van Gaal também falou sobre as possibilidades de classificação para a próxima Uefa Champions League, afirmando que o United ainda se encontra em situação complicada: “Ainda é muito difícil. Agora, temos de jogar fora para o West Ham United e vimos já nas quartas de final da FA Cup que não é tão fácil. Então nós temos que repetir essa vitória. West Ham é um time muito bom - não é à toa que eles estão entre os seis primeiros da tabela. Tivemos sorte na Copa. Penso que merecemos ganhar, mas nós tivemos sorte, pois o West Ham teve um gol anulado no último minuto”.

Rashford e Blind foram poupados pelo treinador no jogo desse sábado (7) e o holandês comentou o fato. “Isso é sempre o caso - que não é possível recriar suas decisões. Eu acho que eles precisavam do descanso e também que você já viu outros jogadores estão precisando de um descanso. Mas eu não posso dar a todos um descanso, o que é um problema. Você tem que tomar essas decisões antes do jogo e não depois. Depois do jogo, você pode decidir o que quer, mas não está contando mais. Pensei Daley e Marcus precisavam de um descanso, porque eles têm jogando um monte de jogos, quase todos os jogos. Rashford é um jovem e ele jogou os últimos 10 jogos por isso não é fácil para ele e ele precisa que o descanso. Eu queria dar-lhe este jogo fora. Já era difícil antes perdemos Matteo Darmian e, antes do jogo, Anthony Martial.”, disse.

O técnico elogiou o zagueiro Smalling, eleito pelo elenco red devil o melhor jogador do time na temporada: “Ele foi muito importante, é claro, como ele estava jogando contra grandes atacantes, Cameron Jerome e, depois disso, Dieumerci Mbokani. Mas também o salvo nos primeiros minutos por David De Gea foi importante naquele momento”.

Ao concluir, Van Gaal confirmou a torcida pelo Arsenal na partida diante do Manchester City, nesse domingo (8). “Eu sou mais ou menos amanhã, na verdade, um torcedor dos Gunners, mas vai ser um jogo difícil entre estes tipos de equipes. Especialmente após a derrota para o Real Madrid, não é tão fácil para o Manchester City para reanimar-se”, finalizou.