Após temporada conturbada e título da FA Cup, van Gaal deixa o Manchester United

Treinador holandês teve seu trabalho contestado depois de primeira temporada dando esperanças e não suportou o julgamento; LVG se diz honrado pelo tempo que passou no clube

Após temporada conturbada e título da FA Cup, van Gaal deixa o Manchester United
Foto: Michal Reagan/FA/Getty Images

Eliminação precoce na Uefa Champions League, não-classificação para a próxima e apresentações questionáveis são apenas uns dos motivos que deram à torcida do Manchester United e especialistas o direito de criticar o treinador do clube vermelho de Manchester Louis van Gaal, três dias após o título da FA Cup. Não suportando tais julgamentos, a agremiação anunciou na tarde desta segunda-feira (23) via suas redes sociais a demissão do holandês, agradecendo os dois anos que ficou no comando da equipe, o tratamento com os jovens jogadores e desejando boas sortes no futuro.

Em nota, o executivo Ed Woodward agradeceu à van Gaal e seu staff pelo tempo que ficou no clube, enfatizando o trabalho que o treinador fez principalmente com os jovens jogadores, dando chances e os preparando para o mundo do futebol sendo o caso mais lembrado o de Marcus Rashford, que deslanchou no final da temporada marcando gols importantes para o time. Além dele, a contratação de Anthony Martial também é recordada pelas pessoas ligadas ao clube.

“Eu gostaria de agradecer Louis [van Gaal] e seu staff pelo excelente trabalho nos últimos dois anos, culminando no 12º título da FA Cup [conquistado no último sábado (21)]. Ele tem se comportado com grande profissionalismo e dignidade durante seu tempo aqui. Deixou-nos com um legado de ter dado grande confiança para alguns jovens jogadores para mostrar suas habilidades em grandes momentos. Todos no clube desejam-lhe tudo de bom no futuro”, escreveu o vice chairman em sua nota, que ainda falava sobre a decisão do novo técnico, a qual será anunciada em breve.

Por outro lado, LVG lançou uma nota no site do clube, afirmando que se sentiu honrado por ter treinador uma equipe do tamanho do Manchester United, além de se mostrar desapontado por não ter terminado o seu projeto de três anos. “Agradeço os meus jogadores e desejo-lhes o melhor para a próxima temporada. Tem sido um prazer trabalhar com eles, especialmente o fato de ver tantos jovens ter suas chances”, completou.

A expectativa agora fica pelo anúncio do próximo manager que pode ser apresentado a qualquer momento. Especula-se que este profissional seja o português José Mourinho, ex-Chelsea e Real Madrid