Inglaterra encerra preparação para Eurocopa contra desfalcado Portugal em Wembley

Roy Hodgson poderá contar com todos os 23 convocados, enquanto Fernando Santos não terá Cristiano Ronaldo; último confronto entre as seleções aconteceu há aproximadamente 12 anos

Inglaterra encerra preparação para Eurocopa contra desfalcado Portugal em Wembley
Último duelo ocorreu na Eurocopa de 2004 (Foto: Andreas Rentz/Getty Images)
Inglaterra
Portugal
Inglaterra: Hart; Clyne, Cahill, Smalling, Rose; Dier, Wilshere, Sterling, Rooney, Vardy; Kane. Roy Rodgson.
Portugal : Lopes; Cedric, Fonte, R Carvalho, Guerreiro; Mario, W Carvalho, Sanches; Quaresma, Eder, Nani. Fernando Santos.
ÁRBITRO: M. Guida.
INCIDENCIAS: Partida amistosa, a ser realizada no Wembley.

Na tarde dessa quinta-feira (1), a Inglaterra recebe a seleção portuguesa no Estádio de Wembley, em amistoso preparatório para a disputa da Eurocopa, que começa no próximo dia 10. O jogo está marcado para as 15h45 e terá arbitragem de M. Guida.

No último amistoso disputado pelas seleções, o English Team derrotou a seleção da Austrália por 2 a 1, em jogo marcado pela estreia com gol de Marcus Rashford, e o time português venceu a Noruega por 1 a 0, com golaço de Ricardo Quaresma.

O último confronto entre as duas seleções ocorreu há quase 12 anos, na Eurcopa de Portugal, no dia 24 de junho de 2004 e a partida terminou empatada por 2 a 2 e foi definida nos pênaltis com a vitória dos donos da casa, que seriam derrotados na final pela seleção grega. Historicamente os ingleses levam vantagem sobre Portugal: em 22 duelos, a seleção inglesa venceu nove vezes. Já a seleção portuguesa derrotou a inglesa em apenas cinco oportunidades e o placar terminou igual em oito jogos.

Inglaterra quer provar-se mais uma vez

O time treinado por Roy Hodgson já venceu equipes como as seleções francesa, por 2 a 0, e alemã, por 3 a 2 em pleno Estádio Olímpico de Berlim. Tanto França como Alemanha são favoritas ao título da Euro, mas o English Team ainda sente a necessidade de mostrar que chegará a França fortificada e com reais chances de título.

O técnico Hodgson ainda não definiu se irá a campo com o esquema 4-3-3 ou 4-4-2, possibilitando ou não a presença de Wayne Rooney no time titular. Roy ainda está em dúvida se entrará com Rooney, Jamie Vardy e Harry Kane, ou apenas com os últimos artilheiros da Premier League.

Dele Alli, Kyle Walker e Danny Rose, companheiros de time de Harry Kane e ausentes do duelo diante da Austrália, são jogadores que poderão retornar ao time titular frente a Portugal. Caso Rose e Walker comecem, Nathaniel Clyne e Ryan Bertrand começarão o jogo no banco de reservas.

Jack Wilshere, escolhido por Roy Hodgson para permanecer no grupo, é outro que deverá começar a partida entre os titulares. Jordan Henderson e Daniel Sturridge, jogadores do Liverpool, deveram entrar ao longo da partida para ganharem mais ritmo de jogo.

Roy Hodgson, em sua entrevista pré-jogo, falou um pouco sobre a escolha dos 23 jogoadores e sobre os cortes de Danny Drinkwater, Andros Townsend e Fabian Delph. “Foi uma decisão muito difícil para mim. Fiquei muito feliz com os 26 e encantado com a maneira como os três jogadores que não foram selecionados para a lista final trabalharam. Estou satisfeito, agora que eu tenho 23 jogadores que eu quero, e podemos estabelecer o agora e se concentrar na tarefa à frente”, disse o treinador.

Portugal, sem Cristiano Ronaldo, quer deixar de lado irregularidade e chegar bem à Euro

O grande nome da seleção é sem dúvidas o astro Cristiano Ronaldo. Porém, o camisa 7 da seleção portuguesa e do Real Madrid não estará presente em Wembley. O atacante não está bem fisicamente e será poupado da partida amistosa, também devido a disputa da final da Uefa Champions League no último sábado (28).

O também ex-jogador do Manchester United, Nani, deverá substituir seu ex-companheiro de equipe e formar o ataque com Ricardo Quaresma e Eder. No meio de campo, William Carvalho, jogador do Sporting, deve atuar ao lado de Renato Sanches, recentemente contratado pelo Bayern de Munique. Já na defesa, Cedric Soares e José Fontes, ambos do time do Southampton, começarão no time titular novamente.

Fernando Santos, técnico de Portugal, falou sobre o confronto e elogiou os seus adversários: “A Inglaterra é, seguramente, uma das equipes mais fortes do mundo e não apenas destas três que vamos confrontar antes do Euro. É uma equipe de grande qualidade, em termos coletivos e individuais, com um grande treinador”, começou por dizer Fernando Santos, em conferência de imprensa. Fernando ainda apontou a Inglaterrra como forte candidato ao título europeu.

O treinador afirmou que tentará fazer um bom jogo em Wembley e tornar a partida interessante. “Vamos fazer com que seja um excelente jogo para continuarmos a preparar o melhor possível e estarmos no 'top' na França. Espero duas equipas a lutando para vencerem”, concluiu.