Resultado Inglaterra x Rússia pela Eurocopa 2016 (1-1)

Resultado Inglaterra x Rússia pela Eurocopa 2016 (1-1)
Jogo Inglaterra x Rússia ao vivo online pela Eurocopa 2016
Inglaterra
1 1
Rússia
Inglaterra: Hart; Walker, Smalling, Cahill, Rose; Dier, Alli, Rooney (Wilshere 76'); Sterling (Milner 86'), Lallana, Kane.
Rússia: Akinfeev; Smolnikov, Ignashevich, Berezutski, Schennikov; Golovin (Shirokov 76'), Neustadter (Glushakov 80'); Smolov (Mamaev 85'), Shatov, Kokorin; Dzyuba.
Placar: 1-0, min. 73, Dier.
ÁRBITRO: Nicola Rizzoli (ITA). Amarelos: Cahill 61', Schennikov 72'
INCIDENCIAS: partida válida pela primeira rodada da fase de grupos da eurocopa 2016, jogado no vélodrome, em marselha, frança.

17:55 Ficamos por aqui com essa transmissão em tempo real, onde Inglaterra e Rússia ficaram apenas no empate em 1 a 1. Fique conosco para acompanhar as repercussões desse e dos demais jogos, além da Copa América e tudo sobre os esporte mundial. Obrigado a todos que ficaram até aqui, um abraço e até a próxima!

17:54 Na próxima rodada, a Inglaterra enfrenta o País de Gales, na próxima quinta-feira (16), em Lens, às 10h. A Rússia, por sua vez, pega a Eslóvaquia um dia antes, na quarta-feira (15), no mesmo horário. 

17:51 Com o empate, as duas seleções vão a um ponto no grupo B e dividem a segunda posição, ficando atrás do líder País de Gales e à frente do lanterna Eslováquia. 

90+3' FIM DE PAPO NO SEGUNDO TEMPO! Nos acréscimos, os russos conseguiram empatar a partida depois de um jogo dominado pelos ingleses. 

90+1' Depois de cruzamento para a área, Berezutski consegue cabeceio por cima de Hart, vencendo o goleiro e empatando tudo no sul da França. 

90+1' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLLLLL DA RÚSSIA!!! É O EMPATE DOS RUSSOS EM MARSEILLE NOS ACRÉSCIMOS DO SEGUNDO TEMPO!!!

90' Cruzamento pra área, a zaga consegue afastar para escanteio. 

90' Mais três minutos de acréscimos. 

89' Rússia até que tenta alguma jogada quando tem a bola, mas a criação não aparece. Inglaterra consegue anulação, além de gastar tempo quando tem a bola. 

86' SUBSTITUIÇÃO NA INGLATERRA! Sai: Sterling. Entra: Milner. 

84' SUBSTITUIÇÃO NA RUSSIA! Sai: Smolov. Entra: Mamaev. 

83' Kane cobra falta, mas a bola acaba subindo demais. 

82' Tentativa de triangulação da Inglaterra não deu certo quando Kane estava em posição irregular. 

81' Inglaterra troca passes no campo de defesa, com mais calma agora. 

79' SUBSTITUIÇÃO NA RÚSSIA! Sai: Neustädter. Entra: Glushakov. 

76' SUBSTITUIÇÃO NA INGLATERRA! Sai: Rooney. Entra: Wilshere. 

76' SUBSTITUIÇÃO NA RUSSIA! Sai: Golovin. Entra: Shirokov. 

76' Kane recebe na meia-lua, ajeita pra esquerda e bate, mas é desviado. 

75' Troca de passes na entrada da área, Rooney tenta passe para a lateral, mas é cortado no meio do caminho. 

73' Dier cobra falta no contrapé de Akinfeev e a Inglaterra abre o placar em Marselha! 

73' GOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOLLLLLLLLLLLLLL!!!! QUE GOLAÇO!! DA INGLATERRA!!!!! DIER DE FALTA, SENSACIONAL!

72' CARTÃO AMARELO PARA SCHENNIKOV! 

71' NAAAAAAAAAA TRAAAAAAAVEEEEEE!!! DUAS VEZES! Rooney chuta para o gol, Akinfeev faz a defesa e a bola pega na trave. Na sobra, Lallana chuta também na trave, mas ele estava impedido e a infração foi marcada. 

70' Jogada ensaida ia dando certo para a Rússia se não fosse o passe mais forte. 

69' Seleção russa troca passes em frente à área inglesa, buscando abrir algum espaço. 

67' Jogadores ingleses e russos no aquecimento!

65' Rússia consegue voltar melhor para o segundo tempo, e a Inglaterra agora busca retomar o ritmo que teve na primeira etapa. 

62' UUUUUUUUUUHHHHHHHHHHHH!! QUASE  O PRIMEIRO GOL DO JOGO!! Smolov conseguiu um chute colocado e direcionado, mas a bola passou à esquerda de Hart, perto da trave. 

61' CARTÃO AMARELO PARA CAHILL! 

60' Bola cruzada na área, mas Berezutski cabeceia para fora.

58' Kokorin chuta com força a bola, mas ela passa longe do gol. 

55' Rooney cobra falta, mas a bola passa por cima do gol. 

54' Nova falta perigosa para a Inglaterra na entrada da área, agora de frente. 

53' Cruzamento de Kane passa por todo mundo, até que os russos tiraram dali. 

52' Juiz pega falta no Sterling na entrada da área, porém no lado esquerdo do ataque. Vem bola na área!

51' Tentativa ofensiva inglesa foi terminada quando os russos mandaram para fora. 

49' Smalling apareceu fazendo esforço defensivo pra evitar um possível gol da Rússia

45' ROLA BOLA PRO SEGUNDO TEMPO! 

16:48 Torcedor inglês, maioria no Stade Vélodrome, não parou de cantar um minuto neste primeiro tempo! Conhecido por ser barulhento, deve manter a cantoria na segunda etapa. 

16:47 Em primeiro tempo de um time apenas, a Inglaterra conseguiu dominar a irregular e desfalcada Rússia. Sem seus principais nomes na criação, Denisov e Dzagoev, a equipe fica fragilizada nesse aspecto, pecando sempre que chega no ataque, que já foram poucas as vezes. 

45' FIM DE PAPO NO PRIMEIRO TEMPO!

44' Se de um lado teve impedimento, no outro também. Lallana se encontrava avançado. 

43' Tentativa de ataque russo paralizada pelo bandeirinha que viu impedimento na jogada. 

41' TIIIIIRAAAAA AKINFEEEVV!! Rose planta cruzamento e, antes que Rooney chegasse para desviar, o goleiro russo apareceu de soco para mandar longe de sua área. 

40' Rose tenta pela esquerda um chute cruzado forte, mas vai à esquerda do gol e ninguém consegue desviar para o gol. 

39' Tentativa de cruzamento da Rússia, mas a bola explode em Rose

38' Jogo fica pegado no meio de campo até que Alli se desmarca, recebe e toca para Kane, porém forte demais. 

36' Lallana conseguiu um chute cruzado, mas ninguém desvia e Akinfeev faz a defesa. 

35' Bola lançada para Kane que, se dominasse, ficaria no dois contra dois, porém a marcação foi limpa para tirar. 

34' UUUUUUUUUUUUHHHHHHHHHH!!! Toque para Rooney que domina e bate com força, fazendo Akinfeev trabalhar novamente. 

32' Enfiada de Rooney é desviado pela zaga que manda para escanteio. 

29' Toque de cabeça em cruzamento russo, fica nas mãos de Hart

23' Sterling recebe passe e corre com a bola, mas, na hora do arremate, Smolnikov consegue desviar para escanteio. 

21' UUUUUUUUUHHHHHH!!! Lallana recebe, avança, fica de frente para o gol e bate com força rasteiro, mas a bola passa à direita da meta. 

20' Rose recebe pela esquerda, mas não consegue cruzar da maneira que queria, ficando fácil para a defesa afastar. 

16' Novo cruzamento inglês para a área e ninguém consegue chegar a tempo para tentar o desvio. 

13' Kane chute de fora da área, mas a bola sobe demais. 

11' Smalling sobe mais que todo mundo e cabeceia para o gol, mas Akinfeev estava bem posicionado para fazer a defesa. 

8' Cruzamento na área, Alli consegue toque de cabeça para Kane, mas o atacante inglês não conseguiu mandar pro gol. 

7' AAAAAKINFEEEEVV!!! Lallana recebe dentro da área, ajeita e chuta com força par ao gol, mas o goleiro russo conseguiu a defesa no reflexo, mandando para escanteio. 

6' Depois de cruzamento travado, Dzyuba domina e tenta jogada, mas é desarmado. 

5' Hart tenta sair jogando rápido, mas o chute bate nas costas de Cahill. Por sorte, volta ao goleiro inglês sem problema. 

3' Tentativa de chegada russa com passe para Kokorin, mas foi errado. 

2' Sterling lança, Lallana ajeita de cabeça para trás e Alli chuta pouco errado, indo para fora. 

1' Walker recebe bola de Rooney pela direita e acaba se atrapalhando junto à marcação. Lateral para a Rússia

0' ROLA A BOLA EM MARSELHA! A Inglaterra dá a saída. 

Tudo pronto agora, vai começar!

Agora está tocando o hino inglês, o conhecido God save the Queen!

O primeiro será o da Rússia. 

Estão todos perfilados para a execução dos hinos nacionais!

Agora estão entrando no Vélodrome! Está tudo pronto e falta pouco para o início!

As equipes estão preparadas, apenas esperando a sinalização de Nicola Rizzoli para entrar no gramado. Falta pouco!

Equipes estão, no momento, aquecendo para o jogo no gramado do Vélodrome. 

Adversária da Inglaterra, a Rússia também anunciou há pouco sua escalação inicial: Akinfeev; Smolnikov, Ignashevich, Berezutski, Schennikov; Golovin, Neustadter; Smolov, Shatov, Kokorin; Dzyuba.

Faltando pouco mais de uma hora para o início do embate, a Inglaterra anunciou a sua escalação e vai a campo com: Hart; Walker, Smalling, Cahill, Rose; Dier, Alli, Rooney; Sterling, Lallana, Kane.

Reconhecendo o favoritismo do adversário, o pilar russo Ramon Shirokov disse na entrevista coletiva pré-jogo que o jogo começa igual para todos e que sua seleção não vai desistir. "Antes de uma partida começar, você pode até escolher alguém para ser favorito, só que quando a bola rola a história é outra: tem 50% de chances dos dois lados de vencer, ou seja, tudo pode acontecer e pode ter certeza que nós não vamos nos render", explicou o capitão. 

Falando sobre a preparação para a Eurocopa, o técnico da Inglaterra, Roy Hodgson, celebrou o fato de todos os jogadores estarem saudáveis para a competição. "Estou muito satisfeito que os nossos jogadores estejam todos saudáveis para o primeiro jogo, visto todo o treinamento intensivo que tivemos e mais os três amistosos preparativos. Acho que estamos bem preparados", disse o treinador. 

LEIA MAIS: Eurocopa 2016: França receberá torneio em clima de alta tensão

O homem do apito será o italiano Nicola Rizzoli, arquiteto que esteve também apitando a final da última Copa do Mundo. Também esteve na final da Uefa Champions League em 2013, entre Bayern de Munique e Borussia Dortmund e na da Europa League em 2010, entre Fulham e Atlético de Madrid.

O palco da estreia das duas seleções será o Stade Vélodrome, localizado em Marselha, no sul da França. O Estádio pertence ao Olympique de Marseille e tem capacidade para 67.394 pessoas, lugares que devem estar completamente cheios ou perto disso.

Foto: Pascal Rondeau/Getty Images
Foto: Pascal Rondeau/Getty Images

FIQUE DE OLHO! Roman Shirokov, meia da Rússia. A mente por trás do meio de campo da seleção russa, o camisa 15 chega com muita bagagem em um torneio que os jovens são a maioria em algumas seleções. Criador exímio, pode aparecer em um momento importante da partida com um passe clínico para algum de seus atacantes marcarem e roubar pontos da favorita Inglaterra.

Foto: Jamie MacDonald/Getty Images
Foto: Jamie MacDonald/Getty Images

FIQUE DE OLHO! Harry Kane, atacante da Inglaterra. Sensação do Tottenham nas duas últimas temporadas, Kane chega para a disputa do seu primeiro torneio com a seleção, já querendo mostrar serviço. Grande finalizador, sabe se movimentar corretamente, incansável e forte são apenas algumas das características que podem fazer a diferença no jogo contra a Rússia.

Foto: Shaun Botterill/Getty Images
Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Nos últimos anos, a Rússia vem mostrando uma crescente ao mundo e vê essa Eurocopa como uma grande oportunidade de ganhar uma confiança e ir mais longe num torneio continental, apesar do grande equilíbrio do Grupo B, que ainda tem País de Gales e Eslováquia. Pontos na partida de estreia colocam os russos em uma bom posição de conseguir avançar às fases de mata-mata. Na lista de convocados, o destaque fica pra ausência de Alan Dzagoev, lesionado. 

Adversário dos ingleses no jogo de hoje, a Rússia conquistou uma vaga direta para a competição, porém foi só com a segunda colocação que foi conquistada apenas na última rodada. Apenas dois pontos separaram os russos da Suécia, que foi para a repescagem e acabou conseguindo a vaga.

Considerado o melhor time que os ingleses montaram nos últimos anos, a Inglaterra chega para a Euro com grandes chances de vencer um título desde 1966. Liderados pelo capitão Rooney, uma seleção jovem pode começar a mostrar que tem um futuro brilhante pela frente. 

Com 10 vitórias em 10 jogos nas eliminatórias, a Inglaterra passou com certa tranquilidade em seu grupo, deixando para trás Suíça, Eslovênia, Estônia, Lituânia e San Marino. Os 30 pontos provam que o English Team é um dos favoritos para vencer esta Eurocopa e a equipe entende a importância da troféu.

A partida da transmissão em tempo real que acompanharemos hoje será a estreia da Inglaterra e Rússia no grupo B, que também conta com País de Gales e Eslováquia. Os ingleses buscam a primeira Eurocopa de sua história e o primeiro título desde a Copa do Mundo de 66, única vitória em torneio oficial do English Team. A Rússia, por sua vez, quer o primeiro título também, mas como um país só. Fazia parte da União Soviética que já ganhou.

LEIA MAIS: Guia VAVEL da Eurocopa 2016

E então chegamos a 2016, ano em que a França sediará pela terceira vez em sua história a competição. Será que o tri dos franceses também acontecerá? Isso nós iremos descobrir no dia 10 de julho, no Stade de France, onde será a grande final do torneio. A VAVEL, por sua vez, fará uma cobertura única durante todo o mês de Eurocopa!

Pelo segundo ano seguido, a Euro de 2012 teve como anfitriões dois países: Polônia e Ucrânia. Foi vencida pela Espanha, se tornando a primeira nação a ganhar três torneios oficiais em sequência (Euro 2008, Copa do Mundo 2010 e Euro 2012). Foi marcada também pela Euro com maior número de gols de cabeça na história (26 dos 76 gols) e também com um gol não marcado no jogo da Inglaterra e Ucrânia pela fase de grupos, onde o replay mostrou que a bola passou a linha de gol. Isso fez com que o então presidente da Fifa, Sepp Blatter, abraçou a ideia.

Foto: Shaun Botterill/Getty Images
Foto: Shaun Botterill/Getty Images

Quatro anos mais tarde, a Áustria e Suíça sediaram o que seria a segunda vez que dois países dividiriam a organização. Este ano ficou marcado como o primeiro da era vitoriosa que a Espanha viveu (venceria a Copa do Mundo de 2010 e a Euro de 2012), além de encantar o mundo com o futebol de posse de bola. Os espanhóis venceram o torneio com um gol de Fernando Torres na final contra a Alemanha, sendo o primeiro título desde 1964, levando o país à loucura nas comemorações.

Foto: Matthew Ashton/Getty Images
Foto: Matthew Ashton/Getty Images

Na Uefa Euro 2004, assim como em 1992, produziu uma chateação: a Grécia, que só havia se classificado pra uma Copa do Mundo em sua história e uma Eurocopa, venceu os anfitriões de Portugal por 1 a 0 e, no caminho para a final, bateu os atuais campeões da França, além da República Tcheca com um gol de prata, regra que substituiu o gol de ouro em 2003. Depois disso, acabou sendo eliminado no futebol.

No ano de 2000 aconteceu o que seria o primeiro torneio a ser sediado por dois países: Holanda e Bélgica. Recém-campeão da Copa do Mundo, a França venceu a Euro por 2 a 1 na final contra a Itália, quando estava perdendo por 1 a 0 no tempo normal (vencida na prorrogação). Eram os favoritos e sobreviveram às expectativas.

A Inglaterra sediou a primeira Euro com 16 seleções, formato que continuou assim por 20 anos. O país-sede foi eliminado nos pênaltis pela Alemanha, que viria a vencer o torneio por 2 a 1 contra a recém-formada República Tcheca, graças ao primeiro gol de ouro marcado em uma competição oficial. Essa, porém, foi o primeiro título da Alemanha unificada.

O torneio então se seguiu para a Suécia, a primeira vez que a Euro era disputada na Escandinávia. Os vizinhos da Dinamarca, no entanto, foram os grandes vencedores daquele ano de 1992, porém só puderam disputar a final pois a Uefa não permitiu que a Iugoslávia jogasse-a, visto que alguns de seus estados estavam em guerra. Os dinamarqueses venceram a Holanda nos pênaltis na semifinal e bateram a Alemanha unificada por 2 a 0. Curiosidade: primeiro torneio em que a Alemanha disputou sendo uma só.

Em 1988, a Holanda venceu na casa dos seus rivais, Alemanha Ocidental. Com direito a vitória sobre os donos da casa por 2 a 1 nas semifinais, venceram a União Soviética na grande final disputada em Munique por 2 a 0, onde Marco van Basten marcou um dos gols que entrou para a história: um voleio sobre o goleiro pela direita. Reveja:

Quatro anos mais tarde, a França venceu o seu primeiro torneio oficial e em casa. Sede da competição pela segunda vez, os franceses viram Michel Platini marcar um recorde de nove gols em apenas cinco jogos, incluindo o primeiro gol na final, que acabou por 2 a 0 contra a Espanha. O formato mudou naquela vez: os dois primeiros colocados dos grupos disputariam a semifinal. A disputa de terceiro lugar foi eliminada.

No ano de 1980, a Euro passaria a ter oito seleções disputando o troféu. Foi disputada novamente na Itália e viu-se a criação da fase de grupos na competição, onde os vencedores deles disputariam a final e os segundo colocados iriam ver quem ficava com a medalha de bronze. A Alemanha Ocidental venceu a Bélgica por 2 a 1, em jogo disputado no Olímpico de Roma.

Nas próximas duas disputas, a Alemanha Ocidental venceu em 72 na Bélgica, mantendo uma base para seu título da Copa do Mundo em 74. Quatro anos mais tarde, a Tchecoslováquia foi campeã na última vez que quatro seleções disputavam o torneio na recém-criada disputa de pênaltis, batendo a atual campeã.

Conforme os anos iam se passando, a Euro passou a ter maior visibilidade no continente. Um atestado disso seria o aumento, mais uma vez, para 31 seleções nas eliminatórias, dessa vez para jogar no ano de 68, sediada e vencida pela Itália. Foi o único ano em que uma partida foi decidida na sorte, vencida pelo país sede contra a União Soviética na semifinal. A campeã precisou vencer a Iugoslávia num replay por 2 a 0 depois de ter empatado por 1 a 1 no primeiro jogo.

A Espanha, desistente no torneio anterior, sediou a Euro em 1964, ano em que foi visto mais seleções participando das eliminatórias, pulando de 17 para 29. Alemanha Ocidental continuava sem participar e, naquele ano, a Grécia desistiu depois de ter sido sorteado um confronto com Albânia, país em que estava em guerra. Os anfitriões venceram por 2 a 1, em Madri, contra a atual campeã União Soviética.

Na primeira vez que a Euro foi disputada, apenas 17 clubes tentaram a chance de chegar na fase final do torneio. Naquela ocasião, a Espanha chegou a desistir nas quartas de final devido a protestos políticos. Grandes seleções que não participaram daquela vez: Inglaterra, Alemanha Ocidental, Itália e Holanda. A grande campeã foi a União Soviética, vencendo a Iugoslávia por 2 a 1, em final realizada em Paris.

O campeonato começou a ser realizado em 1960, contendo apenas quatro seleções. Esse número seguiu até 1976, porque em 1980 oito seleções passaram a participar do torneio até que a partir de 1996, há 20 anos atrás, 16 times chegavam até a fase final da disputa pelo caneco. Essa sucessão de mudanças na quantidade de participantes mudará nesta Euro de 2016, quando 24 equipes farão parte do certame.

A Eurocopa, ou Campeonato Europeu de Futebol, e o principal torneio entre seleções do velho continente, acontecendo a cada quatro anos. Antigamente era chamado de Taça das Nações Europeias, mudando para o nome atual em 1968.

Boa tarde, torcedor e leitor da VAVEL Brasil! Fique agora com mais uma transmissão em tempo real, dessa vez entre Inglaterra x Rússia, pela primeira rodada da fase de grupos da Eurocopa 2016. A partida será às 16h, pelo horário de Brasília. Fique conosco!