Mourinho celebra triunfo em estreia e elogia brasileiro Andreas Pereira: "Tem muito talento"

Não convocado para os Jogos Olímpicos, jovem meia marca um dos dois gols do United no primeiro jogo sob o comando do treinador português

Mourinho celebra triunfo em estreia e elogia brasileiro Andreas Pereira: "Tem muito talento"
Bastante ativo, Mourinho gostou do que viu em sua estreia no United | Foto: John Peters/Man United/Getty Images
Manchester United
2 0
Wigan Athletic

A era José Mourinho no Manchester United teve início com o pé direito neste sábado (16). No primeiro amistoso sob o comando do técnico português, os Red Devils derrotaram o Wigan Athletic, no DW Stadium, casa do adversário, por 2 a 0. Ambos os gols saíram no segundo tempo, saindo dos pés de dois jovens oriundos das categorias de base da equipe inglesa: Will Keane e do brasileiro Andreas Pereira.

"Estou muito feliz. O resultado obviamente não é o mais importante, mas sempre é bom vencer. Feliz porque demonstramos em campo situações treinadas, tanto ofensivamente quanto defensivamente. Não foram perfeitas, claro, porque tivemos apenas dez dias de treinamento. Faltou fadiga e agudez, mas isso leva tempo", afirmou Mourinho, elogiando a vitória em seu primeiro jogo a frente do United.

"Mas pude ver também que os jogadores estão começando a pensar da mesma maneira que eu penso o futebol. Isso me agrada. Todos entraram em campo e todos tiveram uma apresentação positiva", completou.

No primeiro tempo, Mou escalou a equipe titular com: Johnstone; Fosu-Mensah, Bailly, Blind e Shaw; Carrick, Herrera, Lingard, Mkhitaryan e Memphis; Wilson. Satisfeito com as atuações dos novos contratados, o comandante português elogiou os recém-chegados.

"Mkhitaryan é um jogador world-class e está na melhor idade para um jogador - 27 anos. Pensa o futebol de forma magnífica e muito rapidamente, e é excelente ver a maneira com que ele passa a bola. Pode atuar em diferentes posições atrás do atacante. Ainda não está 100% mas sua performance foi extremamente positiva", destacou.

Além do armênio, o amistoso serviu de estreia também para o zagueiro Bailly, vindo do Villareal. Primeira contratação de Mourinho no United, o jogador da Costa do Marfim também foi exaltado pelo novo comandante.

"A forma como os torcedores aplaudiram a atuação dele após eu substituí-lo já é suficiente. Claro, ainda é muito jovem vindo de um ambiente diferente, mas ele está em excelente forma. Darei tudo para tentar fazê-lo ainda melhor, como fiz com outros zagueiros durante minha carreira. Bailly demonstrou o potencial que tem quando decidimos contratá-lo", enfatizou o Special One.

Com atuação segura, Bailly foi elogiado por Mourinho | Foto: Matthew Peters/Man United/Getty Images
Com atuação segura, Bailly foi elogiado por Mourinho | Foto: Matthew Peters/Man United/Getty Images

O amistoso também contou com o retorno de Luke Shaw. Após dez meses longe por conta de uma grave lesão, o lateral inglês demonstrou felicidade em sua volta aos gramados. "Não consigo descrever como me senti em retornar à campo novamente. Mas tenho que agradecer aos torcedores pelo apoio que recebi hoje", escreveu em uma rede social.

A presença da torcida - mesmo sendo um amistoso, foi outro fator bastante elogiado por Mourinho. O português afirmou que foi algo inédito em sua longa e vitoriosa carreira.

"Mehor de tudo foi algo que nunca tive antes - um amistoso que poderia muito bem chamar de um jogo-treino, e mesmo assim, muitos torcedores nos apoiaram durante toda a partida. Algumas demonstrações de alegria por parte deles em relação à situações do time em campo foi absolutamente fantástico. Como disse durante minha chegada, farei de tudo pelo bem deles e tenho certeza que eles continuarão nos dando esse sensacional apoio", afirmou.

Fora da convocação para os Jogos Olímpicos, Andreas Pereira marca e agrada Mourinho

Após primeiro tempo sem gols, Mou efetuou sete substituições já no intervalo. Logo no início, duas delas surtiram efeito. Juan Mata aproveitou bobeada do goleiro Jääskeläinen, e só rolou para o jovem atacante Keane. Com o gol aberto, só empurrou para as redes, abrindo o placar no DW Stadium.

Minutos depois, o segundo gol do United na partida. Aproveitando-se de bate-rebate na grande área, o brasileiro Andreas Pereira finalizou de forma perfeito, acertando o ângulo direito do arqueiro do Wigan.

Deixado de lado por Louis Van Gaal durante as duas temporadas sob a tutela do comandante holandês, Andrinho aproveitou a primeira oportunidade para impressionar Mourinho, e foi feliz. "Andreas tem muito talento, além de visão de jogo e técnica incríveis", disse o português.

Além de Pereira, muitos jovens tiveram a oportunidade de demonstrar futebol para o novo comandante, como o zagueiro Axel Tuanzebe, o goleiro Joel Pereira, o lateral Guillermo Varela, dentre outros. Mourinho elogiou todos seus atletas, e ainda demonstrou clareza sobre Tuanzebe. Com apenas 18 anos, o jovem entrou ao fim da partida, mas já foi suficiente para arrancar boas palavras do novo treinador.

"Você pode atuar a partida inteira, ou apenas um minuto, e às vezes um minuto já é o bastante. Com o Tuanzebe, dez foram suficientes. O potencial está nele, dá para ver de forma imediata. São atletas muito jovens que sem pressão e com o ambiente correto em volta, demonstraram um bom futebol. Foi ótimo poder ver o que podem fazer", finalizou Mourinho.

Jogadores comemoram gol de Andreas Pereira | Foto: John Peters/Man United/Getty Images)
Jogadores comemoram gol de Andreas Pereira | Foto: John Peters/Man United/Getty Images)