Badalado, Newcastle é derrotado pelo Fulham na largada da Championship

Magpies saíram do Craven Cottage reclamando de dois pênaltis, mas Whites vencem por 1 a 0 na primeira rodada da Segundona inglesa

Badalado, Newcastle é derrotado pelo Fulham na largada da Championship
Matt Smith (centro) marcou o primeiro gol da temporada 16-17 da Championship (Foto: Divulgação/Fulham FC)
Fulham
1 0
Newcastle
Fulham: Button; Odoi, Kalas, Madl, Malone (Ream, min. 85); Tunnicliffe (Parker, min. 69), McDonald; Cairney, Ayité, Aluko; Matt Smith (Christensen, min. 69). Técnico: Slavisa Jokanovic
Newcastle: Sels; Janmaat, Lascelles, Hanley, Dummett; Anita, Hayden (Shelvey, min. 77), Colback (Aarons, min. 61), Ritchie; Ayoze Pérez (Armstrong, min. 70), Gayle. Técnico: Rafa Benítez
Placar: 1-0, min. 44, Matt Smith
ÁRBITRO: Simon Hooper, auxiliado por Adam Crysell e Robert Hyde. Amarelos: Odoi (FUL); Hanley, Dummett, Janmaat (NEW)
INCIDENCIAS: 1ª rodada da Championship 2016-17, no Craven Cottage, em Londres, Inglaterra. Público: 23.922 torcedores

De volta à Championship após seis temporadas na elite inglesa, o Newcastle, de Rafa Benítez, perdeu em Londres para o Fulham por 1 a 0 na abertura da competição. Matt Smith, aos 45 do primeiro tempo, marcou o único gol do jogo no Craven Cottage.

Na próxima terça-feira (9), o Fulham joga na casa do vizinho Leyton Orient, pela primeira fase da Capital One Cup. Pela Championship, os Whites visita o Preston, no sábado (13), às 11h. No mesmo dia e horário, o Newcastle joga pela primeira vez em casa, contra o Huddersfield.

Fulham aproveita oportunidade em primeiro tempo de poucas chances

O jogo de abertura da Championship teve um começo de poucas oportunidades. O Newcastle teve mais posse de bola, mas, com o Fulham se defendendo bem, os visitantes não conseguiram assustar. Apenas aos 35, o primeiro perigo. Após cruzamento de Ritchie, a bola explodiu na braço aberto de Tunnicliffe dentro da área, mas o árbitro mandou seguir.

Aos 40, a primeira chance do Fulham. Aluko recebeu de Cairney na intermediária e arriscou chute venenoso no meio do gol, causando dificuldades para o goleiro Sels, que rebateu para a frente, mas a zaga afastou. Já no penúltimo minuto do tempo regulamentar na primeira etapa, Cairney bateu escanteio na entrada da pequena área e Matt Smith subiu alto e desviou de cabeça no canto, para abrir o placar em Craven Cottage.

Momento em que Smith sobe para marcar primeiro gol da temporada (Foto: Divulgação/Fulham FC)
Momento em que Smith sobe para marcar gol do jogo em Londres (Foto: Divulgação/Fulham FC)

Newcastle para na mão dos defensores sai reclamando da arbitragem

O técnico Rafa Benítez mexeu no posicionamento de jogadores para o segundo tempo, apesar de manter as peças, mas conseguiu deixar o time mais criativo. Aos 8, após arrancada pela esquerda, Anita cruzou na área e Ritchie apareceu livre, mas bateu em cima de Button e perdeu grande chance para empatar. Nove minutos depois, Ritchie recebeu de Anita na intermediária e arriscou de longe, mas Button segurou sem problemas.

Enquanto o técnico Slavisa Jokanovic, do Fulham, respondia às alterações ofensivas de Benítez, com reforços na marcação, os londrinos conseguiram passar menos perigo e voltaram a assustar. Aos 24, Malone iniciou a jogada pela esquerda, recebu passe de calcanhar de Ayité e bateu cruzado, mas à esquerda do gol. Cinco minutos depois, Ayité fez jogada individual na quina da área e bateu colocado de pé esquerdo, mas Sels fez defesa firme.

O Newcastle teve superioridade na posse de bola - 55% -, mas apenas uma finalização a mais que o Fulham no jogo - nove a oito. Apesar da falta de criatividade, aos 44, após chute de Ritchie dentro da área, a bola bateu na mão de Kalas, mas novamente o árbitro Simon Hooper ignorou as reclamações de pênalti dos Magpies e os londrinos saíram de casa comemorando a vitória na abertura da Championship.