Iheanacho renova contrato com o Manchester City até 2021

Jovem atacante nigeriano extende seu vínculo com o clube inglês e garante que Guardiola teve influência no processo

Iheanacho renova contrato com o Manchester City até 2021
Foto: Divulgação / Champions League

O atacante nigeriano Kelechi Iheanacho, de 19 anos, extendeu por dois anos seu contrato com o Manchester City. O novo acordo é válido até 2021. O jovem brilhou na última temporada, vindo do banco na maioria das vezes, e faz parte dos planos de Pep Guardiola no clube.

Em entrevista ao site oficial do clube, Iheanacho garantiu que está muito feliz com o acordo e expressou toda sua gratidão a equipe que o projetou para o futebol.

“Eu não consigo expressar como estou me sentindo. Estou muito feliz com o novo acordo com o clube. Eu só preciso de continuar trabalhando duro e expressar meus sentimentos no campo, fazendo coisas boas para o time. Estou feliz e reconheço tudo o que o clube fez para mim até agora, então tenho de recompensar com esforço.”, afirmou Kelechi.

O recém-chegado treinador Pep Guardiola teve papel importante na manutenção do jovem no clube. Também em entrevista ao site oficial, o espanhol garantiu que já conhecia o nigeriano mas que os treinamentos e jogos deste começo de temporada o impressionaram.

“Kelechi é, naturalmente, um marcador de gols. Eu sabia sobre ele antes mas eu me impressionei muito desde que cheguei, com a atitude, a personalidade, a habilidade dele. O objetivo é fazer ele atingir o pleno potencial dentro do clube.”, disse Guardiola.

Kelechi Iheanacho apareceu com destaque na última temporada. Sob comando de Manuel Pellegrini, o jovem atacante marcou 14 gols, sendo que saiu do banco em 25 das suas 36 aparições. No último sábado (13), Iheanacho entrou no decorrer do jogo de estreia do Manchester City na Premier League, na vitória por 2 a 1 sobre o Sunderland.

Koeman age rápido e contrata Bolasie; Lloris se lesiona e perde um mês

Dois clubes de Londres tiveram baixas importantes confirmadas nos últimos dias. O Crystal Palace perdeu um de seus principais jogadores para o Everton. O congolês Yannick Bolasie, de 27 anos, teve a ida confirmada para o clube de Liverpool no começo da semana. O acordo pode ultrapassar 30 milhões de libras.

Já o Tottenham teve, além do empate com o próprio Everton, outra má notícia no dia de estreia da Premier League. O goleiro francês Hugo Lloris, capitão do clube, se lesionou diante dos Toffes e deve ficar de fora do time por até um mês. Seu substituto será o holandês Vorm, ex-Swansea.