Em jogo equilibrado, Liverpool empata com Tottenham e mantém tabu

Equipes alternaram bons e maus momentos durante a partida; já são oito jogos de invencibilidade dos Reds sobre os Spurs

Em jogo equilibrado, Liverpool empata com Tottenham e mantém tabu
Foto: Jullian finey/Getty Images
Tottenham
1 1
Liverpool
Tottenham: Vorm; Walker (Janssen, min 27), Alderweireld, Vertonghen, Rose; Dier, Wanyama, Lamela, Eriksen; Dele Alli Harry Kane (Onomah, min 82).
Liverpool: Mignolet; Cline, Matip, Lovren; Henderson, Milner, Coutinho (Origi, min 64), Wijnaldum; Firmino, Lallana, Mané (Sturrigde, min 87).
Placar: 0-1, min 43, Milner; 1-1, min 71, Rose.
INCIDENCIAS: Partida válida pela terceira rodada da Premier League, realizada no estádio White Hart Lane, em Londres, na Inglaterra.

Tottenham e Liverpool se enfrentaram, nesta manhã de sábado (27), no White Hart Lane, em Londres, pela terceira rodada da Premier League. Em jogo equilibrado e movimentado, as equipes empataram por 1 a 1. Milner, de pênalti, abriu o placar para os Reds. Na segunda etapa, Danny Rose empatou para os donos da casa. Com o resultado, ambos os times permanecem no meio da tabela.

O Liverpool segue sem perder do Tottenham. Já são oito jogos de invencibilidade. A última derrota para os Spurs foi em novembro de 2012, onde, na ocasião, o Tottenham venceu por 2 a 1. 

Na próxima rodada, o Liverpool joga em casa pela primeira vez, e encara o atual campeão Leicester, a partir das 13h30. Já o Tottenham enfrenta o Stoke City, fora de casa, a partir das 11h. Ambos os confrontos ocorrem no sábado (10/9).

Milner converte pênalti e dá vantagem ao Liverpool

No primeiro tempo, o Liverpool teve o controle do jogo, a posse de bola até foi equilibrada, mas as chances reais de gol foram todas dos Reds. Destaque para Roberto Firmino, principal jogador do time. A primeira jogada de perigo foi de Coutinho: logo aos quatro minutos, ele recebeu cruzamento de Firmino e bateu de primeira, mas o goleiro fez milagre e salvou o Tottenham. 

Coutinho ainda teve mais duas chances, porém a sorte estava do lado dos donos da casa. Mas de tanto tentar, o Liverpool conseguiu, mais uma vez com Firmino, aos 42 minutos ele recebeu pela esquerda e infiltrou na área, até ser tocado de leve por Lamela, pênalti. Na cobrança, Milner bateu firme e deslocou o goleiro, 1 a 0. A partir desse momento, o Liverpool apenas controlou as ações e foi para o vestiário com vantagem.

Tottenham empata na segunda etapa e evita derrota em casa

O segundo tempo veio, e o Liverpool continuou pressionando e dominando as ações. Logo no primeiro minuto, Firmino carregou e rolou para Wijnaldum fuzilar; a bola raspou a trave. Aos sete minutos, em cobrança de escanteio, Matip desviou de cabeça e a bola carimbou o travessão. Aos 11 minutos, em contra-ataque fulminante, Mané marcou, porém o gol foi bem anulado; Lallana estava impedido no lance. 

O Tottenham acordou depois disso; foram três grandes chances de gol, com destaque para uma defesaça de Mignolet em cabeçada de Alderweireld. A pressão continuou e surtiu efeito. Aos 26 minutos, Dyer cruzou, a bola passou por toda a área, Danny Rose pegou a sobra livre e, de canhota, bateu forte, levando os fãs ao delírio no White Hart Lane, 1 a 1. 

Após o gol, o jogo deu uma esfriada, com o Tottenham tentando pressionar um pouco mais, e o Liverpool jogando no contra-ataque. Mas sem grandes possibilidades de gol para as equipes. No final das contas, o jogo terminou empatado.