Confirmado como capitão, Rooney anuncia aposentadoria da Seleção Inglesa após Copa 2018

Atleta do Manchester United se mostrou feliz pela oportunidade de permanecer na seleção e ainda como capitão

Confirmado como capitão, Rooney anuncia aposentadoria da Seleção Inglesa após Copa 2018
Foto: Matthew Lewis / Getty Images

Nesta segunda-feira (30) começou a era de Sam Allardyce como treinador da Seleção Inglesa de futebol e com ela novas surpresas também foram tidas no St. George's Park, centro de treinamento da Inglaterra. Na entrevista coletiva concedida no local, Wayne Rooney, que será o capitão durante esses dois anos até a Copa do Mundo da Rússia em 2018, confirmou que aposentará do English Team após a competição.

Capitão durante o período que Roy Hodgson ficou no comando da seleção, Rooney se mostrou feliz com a chance de manter tal posto, se dizendo estar satisfeito com a situação. Além disso, disse aos repórteres que tentará aproveitar o máximo possível desses dois anos restantes e espera que a Inglaterra esteja no nível mais alto que possa estar.

"Eu entendo que a [Copa da] Rússia será a minha última oportunidade de produzir algo [pela Inglaterra], então eu vou tentar aproveitar o máximo desses dois anos e espero concluir esse meu período com a Inglaterra no topo", comentou o capitão.

"Eu disse depois da Eurocopa que adoro jogar por essa seleção, estou bem animado com os jogadores que se apresentam aqui e esse continua sendo o caso. Comentei logo que a competição acabou que queria continuar aqui e fiz com que Sam [Allardyce] entendesse isso quando ele conseguiu o trabalho. Ele respondeu que eu continuaria e também manteria a braçadeira de capitão. Eu fiquei bem feliz. É ótimo capitanear seu país e estou bem ansioso para o novo regime", acrescentou.

Além da manutenção de Wayne no posto de capitão, Sam deixou claro que o quer jogando como camisa 10, assim como José Mourinho faz no Manchester United, buscando manter uma regularidade do jogador em conjunto com a opção de continuar o fazendo render, caso apresente boas perfomances na posição pelo clube. 

"É uma decisão do técnico", observou Rooney. "Não falamos sobre isso ainda, mas tenho certeza que iremos nos dias seguintes. Mas preciso falar que estou preparado para jogar no meio de campo ou em qualquer outra posição que ele precise. Ainda está no começo - estivemos apenas um dia juntos. Aos poucos, todos vamos entender como Sam quer que joguemos, conformo os jogos forem passando, porém estou ansioso para saber como serão os treinamentos dele", encerrou o inglês.

A Inglaterra se concentra em Burton-upon-Trent, onde fica seu centro de treinamento, para o embate frente a Seleção da Eslováquia pela primeira rodada das Eliminatórias Europeia da Copa do Mundo da Rússia, em 2018, no próximo domingo (4), na casa do adversário.