Em clássico esperado, United e City medem forças pela liderança da Premier League

Ambos os times estão invictos na competição e lutam pela liderança no confronto que marca o reencontro de Mourinho com Guardiola

Em clássico esperado, United e City medem forças pela liderança da Premier League
Foto: Editoria de Arte/VAVEL

Manchester United e Manchester City se enfrentam neste sábado (10) pela quarta rodada da Premier League 2016/17 em jogo a ser realizado no Old Trafford em Manchester. O jogo terá início às 8h30. 

Os donos da casa venceram o Hull City na última rodada por 1 a 0 com gol salvador de Marcus Rashford no último minuto. Já o Manchester City recebeu o West Ham no Ettihad Stadium e venceu por 3 a 1, com destaque para o ponta Raheem Sterling que fez dois gols. Ambas as equipes estão com 100% de aproveitamento na competição.

No histórico do derby de Manchester foram 171 confrontos , com 71 vitórias para o Manchester United, 51 empates e 49 vitórias do Manchester City. Foram 250 gols marcados pelos Red Devils e 234 pelos Citizens.

Com leves contusões em treinos durante a semana, Shaw e Mkhitaryan são dúvidas para o confronto

O começo da campanha do Manchester United na Premier League tem impressionado a todos. Com 3 vitórias em 3 jogos, os Red Devils recebem um adversário direto na briga pelo título para buscar se afastar de seu maior rival na tabela de classificação.

Para o jogo de logo mais, o técnico José Mourinho ainda conta com algumas dúvidas na escalação da equipe. O lateral-esquerdo Luke Shaw e o meia Henrikh Mkhitaryan são dúvidas para o confronto após sofrerem lesões durante a semana. O meia belga Fellaini, que sofreu uma contusão no último jogo do Manchester contra o Hull City, não participou do primeiro jogo da seleção belga, mas jogou cerca de 84 minutos na vitória de sua seleção sobre Chipre pelo placar de 3 a 0.

+ Equilíbrio defensivo e amplo poderio de fogo: o raio-x do United para o dérbi de Manchester

José Mourinho surpreendeu aos jornalistas locais neste meio de semana ao afirmar que o jogo seria mais díficil com a ausência do atacante Sergio Aguero na equipe do Manchester City, mas ele tem seus argumentos para explicar esta questão.

"Será mais díficil para nós com a ausência de Aguero na equipe deles. Parece que eu estou contradizendo o pensamento de todos vocês jornalistas, mas sem Aguero é realmente mais díficil. Quando ele(Aguero) está disponível, nós sabemos do seu estilo de jogo. Nós sabemos da formação em que o Manchester City joga, suas dinâmicas e não há nenhum mistério", explicou José Mourinho.

Mourinho ainda afirmou que a equipe deve encarar o jogo com cautela, pois o Manchester City tem um elenco recheado de boas opções.

"Eles tem muitas opções boas para escalarem em seu elenco. Por isso temos que encarar este jogo com cautela e seguir um passo de cada vez. Temos que lidar com uma situação de cada vez para tornar o jogo cada vez mais imprevisível", concluiu Mourinho em sua coletiva.

Apesar da ausência de Aguero, City conta com o reforço de várias caras novas

Assim como seu grande rival, o Manchester City também está invicto na competição com três vitórias em três jogos. Apesar da ausência de Sergio Aguero que foi punido pela federação inglesa após dar uma cotovelada no zagueiro Winston Reid do West Ham, o City poderá contar com várias caras novas em seu time e muitos desses nomes ainda não estrearam pelo clube.

O capitão Vincent Kompany voltou a treinar esta semana mas ainda deve esperar mais um tempo para voltar ao time. Já os novos reforços, o goleiro Claudio Bravo, o volante Ilkay GundoganLeroy Sané estão todos em condições de fazer sua estréia pelos Citizens, mas apesar disso, apenas o goleiro chileno deve ser titular no derby de logo mais.

+ Sem Aguero e liderado por  Iheanacho: o raio-x do City para o dérbi de Manchester

Após ser pedido para fazer uma comparação do derby inglês com os demais clássicos pelo qual vivenciou em sua carreira, Guardiola pediu para que esperassem ele "viver esta experiência" primeiro para depois fazer um julgamento.

"Deixe eu passar por esta experiência primeiro e depois eu posso comparar com os clássicos na Espanha e na Alemanha. A mídia inglesa é bastante parecida com a mídia espanhola nestes aspectos", afirmou Guardiola.

Sobre seu adversário, Guardiola afirma que tem visto os jogos do Manchester United e vê uma evolução na equipe adversária.

"Acompanhei os 4 jogos que o Manchester United realizou nesta temporada e eles tem evoluido com o decorrer dos jogos, assim como nós. Eles possuem um grande time", concluiu o catalão.