Mahrez marca dois de bola parada e Leicester estreia com vitória sobre Club Brugge na UCL

Foxes usem estratégias de maneira inteligente e saem da Bélgica com a vitória por 3 a 0, assumindo a liderança do Grupo G

Mahrez marca dois de bola parada e Leicester estreia com vitória sobre Club Brugge na UCL
Foto: Plumb Images / Getty Images
Club Brugge
0 3
Leicester
Club Brugge: Butelle; van Rhjn, Engels (Poulain 53'), Simons, Denswoll, De Bock; Vanaken, Vormer, Pina, Izquierdo (Gedoz 78'); Diaby (Vossen 63').
Leicester: Schmeichel; Hernández, Morgan, Huth, Fuchs; Mahrez (Gray 81'), Drinkwater, Amartey, Albrighton; Slimani (Ulloa 62') e Vardy (Musa 70')
Placar: 0-1, min. 5, Albrighton. 0-2, min. 29, Mahrez. 0-3, min. 61, Mahrez.
ÁRBITRO: Anastasios Sidiropoulos (GRE). Amarelos: Simons 27', Engels 34', Slimani 48', Butelle 60', Ulloa 90'
INCIDENCIAS: partida válida pela primeira rodada da champions league, grupo g, disputada Jan Breydelstadion, em bruges, na bélgica.

O conto de fadas do Leicester continuou na tarde desta quarta-feira (14) quando o time entrou no gramado do Jan Breydelstadion, em Bruges, na Bélgica, para estrear na Uefa Champions League 2016/17 contra o Club Brugge, pelo Grupo G, após ter sido campeão inglês da temporada passada. A estreia, porém, foi positiva: Albrighton e Mahrez duas vezes marcaram na vitória convincente dos Foxes por 3 a 0. 

A vitória pela margem de três gols dá a liderança do Grupo G da competição para o Leicester com três pontos, enquanto que joga o Brugge para a última. Na próxima rodada do certame, os Foxes recebem o Porto daqui a duas semanas, enquanto que os belgas viajam para a Dinamarca para enfrentar o Copenhague. As atenções agora, porém, voltam-se para os respectivos cenários nacionais. 

Estratégias funcionam e Leicester sai na frente

Logo no começo do jogo, os visitantes e estreantes conseguiram marcar o primeiro gol da partida: aos cinco minutos, a bola foi lançada para a área por intermédio de um lateral, o goleiro e um marcador do Brugge não se entenderam e a bola sobrou para Albrighton empurrar pro fundo das redes. Apesar de jogar fora de casa e ser a sua estreia na competição, o Leicester não se intimidou e tentou controlar a partida desde o início, avançando e tentando criar oportunidades sempre que teve a chance. 

O Brugge, em um determinado momento, passou a querer jogar mais, tendo mais a bola. A estratégia do Leicester, nesse momento, passou a ser o que foi na temporada passada: a bola fica com o adversário e, na transição, se vê uma oportunidade de pegá-lo fora de posição e aumentar a vantagem uma vez já construída. A urgência dos donos da casa de empatar colaborou para que o plano corresse certo.

Com 29 minutos, contudo, os Foxes ampliaram o placar com o craque da temporada passada: Mahrez. Em cobrança de falta, o argelino colocou no contrapé do goleiro adversário e colocou um novo número no resultado parcial até então. Após o gol dos visitantes, a estratégia supracitada voltou de maneira mais forte, mas agora com o Leicester usando o fator tempo ao seu favor, desacelerando a partida sempre que tivesse a oportunidade. E foi assim até o fim do segundo tempo, sem grandes chances para os dois times mais. 

Mahrez marca seu segundo na fase final e garante vitória do Leicester

A segunda etapa começou da mesma forma que a primeira: com o Leicester em cima, tentando manter um controle inicial da partida, aproveitando o despreparo dos atletas, mas, nessa ocasião, a oportunidade de gastar o tempo apareceu mais forte pelo mesmo motivo da tentativa do controle. O time de Claudio Ranieri mostrava calma e paciência, enquanto que o Brugge não conseguiu fazer muito com e sem a bola.

Com 15 minutos, Albrighton foi lançado pelo meio, com liberdade, e avançou em direção ao gol, sob marcação de dois jogadores. O camisa 11 invadiu a área e colocou de lado do goleiro, tentando passar por ele, mas acabou sendo derrubado. Na cobrança, Mahrez não perdoou e, conscientemente, cobrou no meio do gol, ampliando a vantagem dos Foxes. 

A primeira grande chance dos belgas aconteceu quatro minutos depois do terceiro gol dos ingleses.Izquierdo recebe na área, ajeita para a perna canhota e bate com força cruzado, porém a bola explode na trave. Na sobra, ninguém conseguiu aproveitar. Os donos da casa agora passaram a pressionar o Leicester, na tentativa de diminuir o placar, mas nada que resultasse em tal desejo. Os ingleses conseguiram segurar bem o resultado, além de ser paciente sem a bola.