Agüero guarda dois, City vence Swansea e segue imbatível na Premier League

Time de Manchester continua com 100% de aproveitamento e líder isolado da competição; Jacks se aproximam do Z-3

Agüero guarda dois, City vence Swansea e segue imbatível na Premier League
Foto: Divulgação/Premier League
Swansea
1 3
Manchester City
Swansea: Fabianski; Angel Rangel, Van der Hoorn, Jordi Amat, Naughton (Barrow, min. 73); Britton (Borja Bastón, min. 79), Cork (Sung-Yeung Ki, min. 73); Sigurdsson, Fer, Routledge; Llorente. Técnico: Francesco Guidolin.
Manchester City: Bravo; Sagna (Zabaleta, min. 77), Stones, Otamendi, Kolarov; Fernandinho; Sterling, Gündogan (Fernando, min. 68), David Silva, De Bruyne (Jesús Navas, min. 81); Agüero. Técnico: Pep Guardiola.
Placar: 0-1, min. 9, Agüero. 1-1, min. 13, Llorente. 1-2, min. 65, Agüero. 1-3, min. 77, Sterling.
ÁRBITRO: Neil Swarbrick (ING). Cartões amarelos: Sagna (min. 30), Fernandinho (min. 37), Jordi Amat (min. 58), Van der Hoorn (min. 64), Sterling (min. 77), Kolarov (min. 87).
INCIDENCIAS: Partida válida pela sexta rodada da Premier League, realizada no Liberty Stadium, em Swansea, País de Gales.

O Manchester City segue imbatível na Premier League. Apesar um jogo equilibrado até os 20 minutos do segundo tempo, os Citizens bateram, neste sábado (24), o Swansea, por 3 a 1, no Liberty Stadium, em País de Gales, pela sexta rodada da liga inglesa. Sergio Agüero (duas vezes) e Raheem Sterling anotaram os gols dos visitantes, enquanto Fernando Llorente – primeiro tento do espanhol com a camisa dos Jacks – descontou.

Com a vitória, os comandados de Pep Guardiola vão a 18 pontos em seis partidas, mantendo um aproveitamento de 100% neste início de Premier League. Já o Swansea segue com quatro pontos, na 16ª posição, a apenas duas colocações acima da zona de rebaixamento.

Agora, o City volta suas atenções para a Uefa Champions League. Na quarta-feira (28), visita o Celtic, na Escócia, às 15h45, pela segunda rodada da fase de grupos da competição continental. Pela Premier League, o time de Manchester volta a campo no próximo domingo (2/10), às 10h15, para enfrentar o Tottenham, no White Hart Lane, em Londres.

O Swansea, por sua vez, terá mais um difícil confronto na próxima rodada da Premier League. A equipe de Gales enfrentará o Liverpool, às 8h30, do próximo sábado (1º/10), novamente em casa, no Liberty Stadium.

Gols iniciais e primeiro tempo equilibrado

O Manchester City abriu o placar aos nove minutos com o artilheiro Sergio Agüero. Fernandinho abriu o jogo para Sagna na meia direita, o lateral cruzou à área, Agüero dominou tirando do defensor e fuzilou entre as pernas do goleiro Fabianski.

A felicidade do City, porém, durou poucos minutos. O Swansea não se abateu com o golpe e, aos 13 minutos, empatou o duelo. Kolarov afastou a bola da área, Sigurdsson ficou com sobra e tocou para Llorente, que aproveitou o escorregão de Sagna e soltou uma bomba de canhota. Esse foi o primeiro gol do atacante espanhol com a camisa do time de Gales.

Depois dos gols, Swansea e City travaram um duelo muito equilibrado e ambos os times buscaram envolver o adversário com tabelas e triangulações. Mas eles pecavam no último passe, no momento de transformar a troca de passes em finalizações.

O City teve uma clara chance de desempatar o jogo com De Bruyne, destaque dos Citizens neste início de temporada. O meia belga recebeu de Gündogan e bateu visando o canto direito de Fabianski, mas a bola saiu pela linha de fundo. Antes de terminar a primeira etapa, o City ensaiou uma pressão sobre a defesa do Swansea, marcando forte a saída de bola e sufocando os defensores. Entretanto, o time de Manchester não conseguir fazer o segundo.

Llorente arremata para marcar seu primeiro gol pelo Swansea (Foto: Divulgação/Premier League)
Llorente arremata para marcar seu primeiro gol pelo Swansea (Foto: Divulgação/Premier League)

Agüero e Sterling garante vitória do City

O Swansea foi o time que ofereceu a primeira chance de gol no segundo tempo. Routledge apareceu no flanco direito e encontrou Sigurdsson livre na grande área; o meia pegou de primeira, sem deixar a bola cair no chão, e mandou por cima do gol de Bravo.

Logo depois o City respondeu à chegada do Swansea. Regendo o meio-campo, Gündogan abriu o jogo para David Silva na esquerda e o espanhol cruzou rasteiro para Agüero chutar por cima do gol.

Aos 65 minutos, contudo, a equipe de Pep Guardiola conseguiu desempatar o embate. Van der Hoorn deu uma cotovelada no rosto de De Bruyne dentro da área e o árbitro assinalou pênalti. Agüero bateu de cavadinha, marcou seu 11ª gol na temporada e colocou os Citizens em vantagem.

Com arremates de longa distância, o City seguiu pressionando o Swansea. Fernadinho foi o primeiro a soltar um petardo de fora da área, seguido, depois, por David Silva, que viu seu chute desviar no marcar e dificultar a vida de Fabianski.

Aos 77 minutos, quando o Swansea estava em peso no campo de ataque buscando o gol de empate, o City construiu um contra golpe avassalador e Sterling anotou o terceiro. O camisa 7 recebeu na esquerda, avançou pelo corredor, driblou um defensor e bateu consciente no canto direito do arqueiro. Um lindo gol para fechar o placar no Liberty Stadium.

Sterling comemora seu gol (FOTO
Sterling comemora seu gol (FOTO