Últimos invictos, Tottenham e Manchester City medem forças pela Premier League

Spurs e Citizens são os dois únicos remanescentes dos times que ainda não sofreram revés pelo certame; times estão em segundo e primeiro, respectivamente

Últimos invictos, Tottenham e Manchester City medem forças pela Premier League
Foto: Alex Livesey / Getty Images
Tottenham Hostspur
Manchester City
Tottenham Hostspur: Lloris; Walker, Alderweireld, Vertonghen, Rose; Dier, Wanyama (Sissoko); Lamela, Alli, Eriksen; Janssen.
Manchester City: Bravo; Zabaleta (Sagna), Stones, Otamendi, Kolarov; Fernandinho, Gundogan, Sterling, Silva, Nolito; Agüero.
ÁRBITRO: Andre Marriner.
INCIDENCIAS: partida válida pela sétima rodada da premier league 2016/2017, realizado no white hart lane, em londres, inglaterra.

Últimos invictos na temporada 2016/2017 da Premier League, Tottenham e Manchester City se enfrentam neste domingo (2), pela sétima rodada da competição, podendo sair de campo com apenas um deles mantendo tal título. A partida acontece às 10h15, horário de Brasília, no White Hart Lane, norte de Londres, Inglaterra.

Tendo outros parâmetros e pensamentos, os Spurs querem se aproximar dos líderes Citizens que, por outro lado, pensam em abrir vantagem no topo da tabela e fazer com que Guardiola mantenha sua sequência de campeonatos nacionais vencidos com certa facilidade e folga na tabela. Londrinos têm 14 pontos e estão em terceiro, enquanto que o time azul de Manchester tem 18 e é primeiro.

Na última vez que os dois se enfrentaram, o Tottenham brigava pelo título do campeonato inglês e queria se aproximar mais e mais do Leicester. Na ocasião, caso vencesse o City no Etihad, diminuiria a vantagem para cinco pontos, dado o tropeço dos Foxes frente ao West Ham, em casa. Os visitantes venceram por 2 a 1, com gols de Kane e Eriksen, com Iheanacho marcando para os donos da casa.

Pochettino acredita que tem valores parecidos com antigo rival Guardiola

Treinador do Tottenham, Mauricio Pochettino jogou por muito tempo no Espanyol, clube rival local do Barcelona, onde Guardiola jogou durante um mesmo período. Depois, Pep assumiu o controle dos belgranas, enquanto que o argentino também assumiu o controle dos blanquiblaus. Quatro anos depois, se reencontram na Premier League.

Falando sobre o reencontro, Mauricio se mostrou entusiasmado com a situação em que ambos se encontram - primeiro e segundo efetivamente na tabela. Além disso, o comandante lembrou que ambos têm uma visão parecida de ver o esporte do qual trabalham há anos. 

"Nós compartilhamos momentos fantásticos quando jogávamos em Barcelona, e o mesmo ocorreu quando fomos treinadores nos times de lá. Agora repetimos a dose na Inglaterra, o que vai ser incrível, porque Pep é um treinador sensacional", disse na coletiva pré-jogo.

"É sobre o futebol, isso é o mais importante", prosseguiu. "Guardiola tem uma grande filosofia de jogo, de aproveitar a partida, de jogar pela grama, assim como nós. Acredito que partilhamos de valores parecidos quando se fala em relação ao esporte", completou.

Por fim, Pochettino falou sobre o embate que terá, lembrando que é apenas o começo da temporada e não tem porquê de se desesperar caso o resultado não apareça. "Todo adversário é diferente, mas nós tentamos dar nosso melhor para vencê-lo. [É válido lembrar que] É apenas o começo da temporada, embora iremos tentar vencer a partida. Caso não aconteça, ainda têm muitos jogos pela frente", finalizou.

A única certeza de desfalque no lado da equipe londrina é Harry Kane. A estrela do clube se machucou contra o Sunderland semana passada e só deve voltar em novembro. Rose, Dier, Dembélé e Sissoko são dúvidas, mas devem ser relacionados. 

Guardiola exalta Pochettino e espera jogo difícil

O assunto do reencontro entre os dois treinadores foi um dos mais perguntados nas coletivas dos clubes. Tendo agora o treinador do City, Josep Guardiola a chance de falar sobre a situação, ele foi enfático em falar que Mauricio está entre os melhores do mundo e que espera jogo agressivo e complicado no domingo. 

"Pochettino não é só um dos melhores da Inglaterra, e sim um dos melhores do mundo. Acho que ele está fazendo um ótimo trabalho em Londres com o Tottenham, mostrando futebol agressivo, organizado e que quase levou o clube ao título na temporada passada. Certamente será uma partida muito complicada entre os dois times, mas tentaremos fazer nosso trabalho", disse o catalão.

Pelo lado dos visitantes, quatro nomes não estarão disponíveis, dentro eles dois importantes. Kevin De Bruyne (coxa) e Vincent Kompany (virilha) só voltam após a data Fifa. Manuel Agudo Duran está suspenso e Yaya Touré fora por motivos extracampo. Fabian Delph, com problemas musculares, não deve ser relacionado apesar de estar 50% pronto para voltar. Também deve ter seu retorno programado para após jogos internacionais.