United sai na frente, mas cede empate ao Stoke City e segue fora do G-4 da Premier League

Reds Devils desperdiçam boas oportunidades de marcar e deixa visitantes empatarem o duelo aos 37 minutos da etapa final

United sai na frente, mas cede empate ao Stoke City e segue fora do G-4 da Premier League
Ibra perdeu boas oportunidades de marcar (Foto: Manchester United)
Manchester United
1 1
Stoke City
Manchester United: De Gea; Valencia, Bailly, Smalling, Blind; Herrera (Depay), Pogba, Mata (Rooney), Lingard (Martial); Rashford, Ibrahimovic. José Mourinho.
Stoke City: Grant; Johnson, Shawcross, Martins Indi, Pieters; Allen, Whelan, Cameron; Shaqiri, Bony, Arnautovic (Crouch). Mark Hughes.
ÁRBITRO: R. Madley. Amarelo: Valencia (12'), Herrera (54'), Ibrahimovic (56')
INCIDENCIAS: Partida válida pela 7ª rodada da Premier League, realizada no Old Trafford, localizado em Manchester.

A fase do United não continua sendo das melhores. Depois de derrotar o Zorya Luhansk por apenas 1 a 0 no meio de semana, em partida válida pela Uefa Europa League, os Red Devils receberam o Stoke City nesse domingo (2) pela sétima rodada da Premier League. A partida terminou empatada em 1 a 1, com gols marcados por Martial e Allen.

Com o empate, o United chega aos 13 pontos e continua na sexta colocação da PL, enquanto os Potters chegam ao terceiro ponto e continuam como vice-lanterna da competição.

Na próxima rodada, o time de Mourinho visita o Liverpool e o Stoke recebe a equipe do Sunderland

United domina primeira etapa, cria boas chances, mas não tira zero do placar

O primeiro tempo disputado em Old Trafford foi de clara superioridade dos donos da casa, que tiveram boas chances de marcar, todavia o placar manteve-se inalterado. Logo aos dois minutos de jogo, depois de jogada bem trabalhada pelos Red Devils, Ibrahimovic recebeu ótimo passe de Pogba e desperdiçou a melhor oportunidade dos 45’ iniciais, ao finalizar para duas boas defesas de Grant. Como resposta, em uma das poucas chegadas dos visitantes, Arnautovic chegou pela esquerda, cruzou e defesa cortou, no rebote da jogada Cameron finalizou para intervenção segura de De Gea.

O United tentava encurralar o Stoke e aos dez minutos, Valencia ganhou disputa na direita, cruzou, porém não achou ninguém e bola ficou com a zaga dos Potters. Já aos 15’, Ibra fez boa jogada e deu lindo passe para Lingard, que rapidamente serviu Pogba, para o francês finalizar jogada chutando para fora. Minutos depois, aos 21’, Mata recebeu boa bola na entrada da área e viu Grant adiantado, logo o espanhol finalizou por cobertura, mas goleiro recuperou-se e evitou o gol do espanhol.

Após cobrança de escanteio resultante da tentativa do camisa 8, Pogba cabeceou perigosamente, por cima do gol do Stoke. Como resposta, Arnautovic tentou finalização da esquerda, no entanto bola saiu longe da meta de De Gea. Um minuto depois, aos 26’, Ibrahimovic arrancou pela direita, cruzou para Lingard, que finalizou para excelente defesa de Grant. Já aos 30, foi a vez de Lingard servir Ibra: o sueco finalizou e Shawcross cortou para escanteio.

Já perto do fim da primeira etapa, Ibra e Blind quando fizeram boa jogada. O sueco encontrava-se na esquerda quando passou para o lateral holandês, que tocou para Pogba, mas francês encontrava-se desequilibrado e não conseguiu dar continuidade a jogada. Pouco depois Valencia achou Herrera na entrada da área e espanhol bateu prensado. Depois do rebote do escanteio resultante do chute de Herrera, Pogba finalizou por cima do gol de Grant.

Martial entra, abre o jogo, porém Allen marca perto do fim e jogo termina empatado

O United também foi melhor no segundo tempo, mostrou-se perto da vitória com o gol de Martial, no entanto Allen marcou e deixou tudo igual. Os Red Devils tiveram mais dificuldade no início da segunda etapa, mas de acordo como o tempo passava a equipe de Mourinho crescia na partida. Pogba mostrava-se bem participativo nas atividades ofensivas e após passe de Lingard finalizou para fora. Pouco depois, Herrera e Valencia tentaram tabela, no entanto no retorno da bola o equatoriano encontrava-se impedido.

Os visitantes assustaram a torcida do United ao chegar perigosamente e Allen finalizar para defesa segura de De Gea. Como resposta, Juan Mata tentou finalização de fora da área e Grant defendeu em dois tempos. Logo depois, o United quase abriu o placar com Herrera, que recebeu passe de Lingard e finalizou rente a trave do gol defendido por Grant. Aos 22’, Ibra fez jogada individual, carregou bola e chutou perigosamente.

Aos 21 minutos da segunda etapa, Mourinho efetuou as entradas de Martial e Rooney, nos lugares de Lingard e Mata, respectivamente. Dois minutos depois, o atacante francês abriu o placar no Old Trafford: em sua típica arrancada, Martial tocou para Rooney, que errou domínio e bola sobrou para o próprio Martial colocar a bola dentro das redes dos Potters. Depois do gol, o United tentou ampliar a vantagem e aos 25 minutos, após defesa na área do Stoke Valencia rolou para Blind finalizar e bola sair novamente para escanteio.

Já aos 27’, foi a vez de Ibra assustar os torcedores do Stoke, com uma firme finalização, que acabou interceptada por mais uma boa defesa de Grant. Até os 37 minutos da partida, momento em que Allen empatou a partida, o jogo mostrou-se sem grandes emoções. No minuto 37, Allen não desperdiçaria outra chance e empataria a partida: Johnson fez boa jogada pela direita, levou para o meio e finalizou, De Gea não segurou e bola sobrou no meio da área dos Red Devils, dando a Allen apenas o trabalho de empurrar a bola para dentro do gol.

Com o empate do Stoke, o United se jogou ao ataque. Primeiramente, Ibrahimovic recebeu mais uma boa bola, conseguiu se desvencilhar da marcação e bateu colocado para mais uma boa defesa de Grant. Já aos 43 minutos, o United teve a chance de ganhar a partida com Pogba. Rashford cruzou na cabeça do meia francês e o camisa 6 red devil cabeceou a bola no travessão, decretando a igualdade no placar.