Wenger reitera dificuldade da Premier League: "Verdadeira selva"

O meia alemão, conhecido por seus passes para gols, tem marcado mais vezes na temporada

Wenger reitera dificuldade da Premier League: "Verdadeira selva"
Foto: Ben Stansall / Getty Images

Atravessando bom momento, o Arsenal venceu os últimos sete jogos que disputou entre todas competições.  Além disso, desde a derrota para o Liverpool por 4 a 3, na abertura da temporada 2016/17 da Premier League, os Gunners ainda não perderam. De la para cá foram 11 jogos, dois empates e nove vitórias. Esta forma levou o time londrino à segunda colocação, atrás apenas do Manchester City por diferença de um gol no saldo. Porém Arsène Wenger é cauteloso sobre a fase que o time passa.

“Eu acredito que humildade é entender que você começa de novo, do zero e que você está em uma selva. Vivemos em uma selva que todos querem devorar você, e você tem que sobreviver se mantendo vigilante”, disse Wenger. “É isso de que se trata a competição. Todo dia você tem que batalhar de novo para sobreviver”, completou o treinador francês.  

 Neste sábado (22), o Arsenal recebe o Middlesbrough no Emirates Stadium para ampliar sua sequência de vitórias. Para isto, conta com a boa fase de Mesut Özil, que marcou seu primeiro hat-trick na carreira pela Champions League na quarta-feira(19) contra o Ludogorets chegando ao seu 6º gol na temporada. O alemão é conhecido por dar muitos passes para gols, na temporada 2015-16 da Premier League, por exemplo, Özil deu 19 assistências, quase igualando o recorde de Thierry Henry, que conseguiu 20 passes para gols em um campeonato. Porém Özil tem marcado mais gols pelos Gunners.

 “Parece que ele está pegando o gosto de fazer gols porque ele corre por trás da zaga mais frequentemente”, explicou Wenger. “Antes, ele só ia para a bola e dava as assistências, mas queremos que ele seja um assistente e também marque. Ao que parece, ele está lentamente achando um melhor balanceamento”, declarou Arsène. Como ponto de apoio ao argumento do treinador francês, tem os números: Na temporada 2015-16 em 45 jogos, Özil marcou oito vezes e deu 20 passes para gols, já nesta o alemão fez seis gols e deu uma assistência