Após empate diante do Southampton, Guardiola afirma que time está unido

Nesse domingo (23), o City chegou a quinta partida seguida sem vitória

Após empate diante do Southampton, Guardiola afirma que time está unido
Guardiola chega ao quinto jogo consecutivo a frente dos Citizens sem vitória (Foto: Manchester City)

O Manchester City chegou neste domingo (23) à quinta partida seguida sem vencer ao empatar em 1 a 1 com a equipe do Southamton, em partida válida pela 9ª rodada do Premier League, no Etihad Stadium. Foram três empates, contra Celtic, Everton e Saints e duas derrotas, diante de Barcelona e Tottenham. Mesmo com a sequência ruim, o time treinado por Pep Guardiola continua na liderança do campeonato nacional, com 20 pontos.

Mesmo com a fase não sendo das melhores, o técnico dos Citizens afirmou que o grupo está unido, atrás de um único objetivo: “Estamos juntos. Falamos no vestiário sobre a situação que temos. Estamos tentando aceitar a situação: cinco jogos sem vencer, é porque algo aconteceu. Queremos subir”.

Pep prometeu que tentará descobrir a razão pela queda de rendimento dos seus comandados, além de tirar qualquer culpa do seu elenco. “Eu tenho que descobrir a razão por que e eu vou encontrar isso. Eu tenho que ajudar a equipe a alcançar.  Eu era um jogador de futebol e sei que isso pode acontecer. Você pode ganhar dez vezes seguidas e, em seguida, você não é capaz de ganhar cinco vezes. Isso faz parte do futebol. Você tem que aceitar isso”, disse Guardiola.

O espanhol analisou o jogo e viu uma diferença entre o primeiro e o segundo tempo: “Existe uma diferença entre a primeira e a segunda metade. Infelizmente, não conseguimos vencer. No segundo semestre, nós tentamos. Houve chances e nada mais. Nós não criamos muito, mas nós estávamos lá. Parte da razão pela qual nós não ganhamos é porque a diferença entre o primeiro e o segundo semestre é óbvia”.

Pep acredita que a mudança de dinâmica do jogo da equipe de Manchester é importante, mesmo que essa ainda não tenha dado certo. “Foi importante para mudar a nossa dinâmica dos últimos jogos. Tudo influencia quando você jogar bem ou mal. Ela afeta mentalmente - estamos trabalhando nisso”, afirmou o treinador espanhol.