Chelsea goleia Manchester United e encosta no pelotão de cima da Premier League

Blues golearam os Red Devils e chega aos 19 pontos a apenas 1 ponto dos líderes do campeonato.

Chelsea goleia Manchester United e encosta no pelotão de cima da Premier League
Foto: Divulgação/Chelsea FC
Chelsea
4 0
Manchester United
Chelsea: Chelsea: Courtois, Azpilicueta, David Luiz, Cahill, Marcos Alonso; Kanté, Matic, Moses, Hazard(Willian 78'), Pedro(Chalobah 71'); Diego Costa(Batshuayi 78')
Manchester United: Manchester United: De Gea, Valencia, Bailly(Rojo 52'), Smalling, Blind; Herrera, Fellaini(Mata 45'), Pogba, Lingard(Martial 65'); Rashford, Ibrahimovic
Placar: 4-0 Pedro(1'), Cahill(21'), Hazard(62'), Kanté(70')
ÁRBITRO: Martin Atkinson Advertidos: Pedro, David Luiz, Marcos Alonso(CHE) Bailly, Pogba(MUN)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela nona rodada da Premier League 2016/17 em jogo realizado no Stamford Bridge em Londres

Chelsea e Manchester United se enfrentaram neste domingo (23), pela nona rodada da Premier League, em jogo que foi realizado no Stamford Bridge, em Londres. Os donos da casa acabaram goleando os Red Devils, por 4 a 0, com direito a um gol com menos de um minuto de partida. Os gols da partida foram marcados por Pedro, Gary Cahill, Eden Hazard e N'Golo Kanté.

Com o resultado, o Chelsea chega a 19 pontos e está na quarta colocação, encostando nos líderes do campeonato, Manchester City, Arsenal e Liverpool, que estão com 20 pontos. Já o Manchester United estaciona nos 14 pontos e está na sétima colocação, distanciando-se do pelotão de cima.

Na próxima rodada, o Chelsea vai ao sul do país para enfrentar o Southampton no St'Mary's Stadium. Já o Manchester United vai receber o Burnley no Old Trafford.

Chelsea domina o primeiro tempo e faz dois gols em 20 minutos

Todas as estratégias traçadas por José Mourinho foram por água abaixo com menos de um minuto, mais precisamente com 34 segundos de jogo. O time do português tinha a estratégia de começar defendendo para contra atacar, mas após um lançamento despretensioso de Marcos Alonso, a zaga do Manchester United acabou falhando e a bola sobrou limpa para Pedro driblar o goleiro De Gea e tocar para o fundo das redes. Foi o primeiro gol do espanhol na temporada.

O segundo gol do Chelsea veio em mais um erro defensivo do Manchester United. Eden Hazard cruzou para área, Valencia desviou para dentro da área e a bola acabou batendo em Ander Herrera que não esperava que a bola chegasse até ele, sobrando assim para Cahill fuzilar para as redes e sem chances para o goleiro De Gea.

O terceiro gol quase veio aos 26 minutos, quando Hazard cruzou rasteiro para pequena área e Diego Costa teve o seu chute prensado pelo zagueiro Eric Bailly.

A grande chance do Manchester United no primeiro tempo veio aos 27 minutos, quando Ander Herrera recebeu na entrada da área e chutou forte para Courtois espalmar, no rebote a bola sobrou para Lingard que também parou no goleiro do Chelsea.

United esboça pressão mas o Chelsea faz mais dois e transforma a vitória em goleada

O Manchester United não vive o seu melhor momento. Apesar de iniciar o segundo tempo esboçando certa pressão ao Chelsea, a equipe comandada por José Mourinho não conseguiu transformar essa pressão em jogadas para gol. Aos 57 minutos, Jesse Lingard até conseguiu em jogada individual furar o bloqueio defensivo do Chelsea, mas parou na boa defesa do goleiro Courtois.

Toda pressão dos Red Devils nos primeiros minutos do segundo tempo foi anulada com um belo gol de Hazard, que recebeu de Matic, cortou a zaga do Manchester United e chutou no cantinho de De Gea para marcar o terceiro gol do Chelsea.

A partir daí, os Blues ditaram o ritmo do jogo com direito a gritos de "Olé" por parte da torcida no Stamford Bridge, que acabou sendo premiada com um golaço de N'Golo Kanté, que não tem o costume de fazer muitos gols e acabou marcando o seu primeiro gol com a camisa do Chelsea. O meia francês recebeu o passe de Pedro que deu apenas uma casquinha na bola, tinha espaço para chutar para o gol mas optou por dar um lindo corte na zaga do United e apenas deslocar o goleiro De Gea para dar números finais ao jogo.

Apesar de abalado emocionalmente na partida, o Manchester United parou várias vezes no goleiro Courtois que fez duas grandes defesas nos últimos 10 minutos de jogo. Na primeira oportunidade, Ibrahimovic recebeu na área, matou no peito e bateu de primeira para grande defesa do goleiro belga. A segunda chance foi a última da partida, quando Marcos Rojo recebeu a bola e acertou um chute muito forte e de longa distância para mais uma grande defesa do goleiro do Chelsea.