Mourinho avalia como "injusta" goleada sofrida para o Chelsea

Chelsea fez 4 a 0 no United neste domingo (23); Mou analisa o 4 a 0 como injusto, além de reclamar por não expulsão de David Luiz

Mourinho avalia como "injusta" goleada sofrida para o Chelsea
Mou segue sem vencer rivais na atual edição da Premier League (Foto: Manchester United)

O Manchester United continua, juntamente a José Mourinho, desapontando dentro da temporada. Em mais um clássico pela Premier League, o terceiro, os Reds Devils não chegaram ao triunfo, passando longe da vitória em Stamford Bridge. O Chelsea de Antonio Conte dominou as ações durante quase toda a partida, foram mais eficientes e fizeram 4 a 0 no clube do ex-treinador dos Blues, com gols de Pedro, Cahill, Hazard e Kanté, em partida válida pela 9ª rodada do Campeonato Inglês.

LEIA MAIS: Chelsea goleia Manchester United e encosta no pelotão de cima da Premier League

Mourinho, ao sair de campo, falou no ouvido de Conte que o 4 a 0 foi um placar injusto, insinuando que o time de Londres tentou te humilhar. Na entrevista pós-jogo afirmou a MUTV que a goleada foi injusta, ao falar que apenas sua defesa não foi bem e no geral seu time teve uma boa atuação.

“Se você pode eliminar os erros defensivos do jogo que eu diria que foi um bom desempenho. Desempenho de classe, boa posse, usando bem a bola, criando chances, empurrando o adversário a uma abordagem defensiva e eu diria que, obviamente, um resultado muito, muito, muito injusto”, disse o português.

O técnico mostrou-se chateado com o gol marcado logo aos 30 segundos pela equipe londrina, declarando que esse fato auxiliou a melhor forma que o Chelsea joga, o contra-ataque: “Mas não podemos apagar os erros do jogo e o primeiro erro aconteceu após 30 segundos. Em seguida, tivemos um jogo completamente diferente, porque a melhor qualidade do Chelsea é jogar futebol em contra-ataque, e especialmente no segundo tempo quando estávamos muito perto de fazer o 2 a 1, eles chegavam no contra-ataque. Quando estávamos perto do 3 a 1, eles nos puniram novamente no contra-ataque, e nós perto do 4 a 1 com Zlatan e tiros de Marcos Rojo”.

Quando perguntado se um cartão vermelho para David Luiz teria feito diferença na partida, Mourinho foi direto e afirmou que o lance foi nítido e todos sabem que o zagueiro mereceu a expulsão. “Eu sei que você sabe. Eu sei o que todo mundo sabe. Mesmo quando eu estava falando com Sky, era uma de suas perguntas, por isso todos nós sabemos disso. Mas, no final, é o resultado que permanece, e quando você perde 4 -0, para vir e falar sobre o árbitro, parece que você está tentando obter desculpas. Eu só espero que a imprensa faça o trabalho em termos para analisar essa situação”, declarou Mou.

O treinador dos Red Devils também desculpou-se com os torcedores do United, que não deixaram de cantar em nenhum momento da partida: “Eles cantaram durante 90 minutos em uma forma inacreditável. Os milhões de fãs que temos em todo o mundo, que, obviamente, têm uma sensação muito ruim. Eu me sinto tão triste por isso. Eu tenho que pedir desculpas por isso. A única coisa que posso dizer é que eu sou Manchester United 100%. Não 99% e 1% para o Chelsea ou qualquer outro clube. Estou 100% para o Manchester United. Por isso sinto profundamente a situação. Mas há apenas uma resposta, como eu estava dizendo aos jogadores, só há uma resposta: continuarmos lutando”.