Federação da Inglaterra acusa Mourinho de má conduta por declarações contra árbitro

Treinador português falou que seria difícil para Anthony Taylor apitar o clássico contra o Liverpool, há 10 dias, por ser de Manchester; Mou tem até 31 de outubro pra recorrer

Federação da Inglaterra acusa Mourinho de má conduta por declarações contra árbitro
Foto: Michael Steele / Getty Images

Há dez dias, Manchester United e Liverpool se enfrentaram pela Premier League, sendo o primeiro clássico de ambos na temporada. Antes do jogo, porém, o técnico dos Red Devils, José Mourinho, falou sobre a situação do árbitro do embate, Anthony Taylor, ser de Manchester. Referente a isso, a federação de futebol da Inglaterra, a FA, acusou o português de 'má conduta', nesta quinta-feira (27). O treinador tem até dia 31 deste mês para recorrer ou se defender. 

Tendo um passado de acusações e punições por declarações contra árbitros, Mourinho não quis falar muito sobre o assunto antes do jogo, mas acabou falando que seria difícil para Taylor apitar o confronto, por achar que alguém estava colocando pressão nele por isso. Após o jogo, porém, tanto José quanto Klopp elogiaram a atuação do inglês, que distribuiu quatro cartões amarelos no jogo, todos para jogadores do United.

A FA tem uma política relativamente recente que proíbe declarações contra árbitros antes dos embates, além de punir alguns treinadores ao longo dos últimos anos por severas falas sobre atuações dos homens do apito. O ex-chefe dos árbitros, Keith Hackett, também falou sobre a possível atuação de Taylor. "Se ele errar forte, poderá ser intolerável", afirmou. 

Em outubro do ano passado, Mourinho, então técnico do Chelsea, foi punido em £ 50 mil por dizer que a arbitragem tinha medo de dar decisões favoráveis para os Blues, após derrota para Southampton. Um mês depois, o português pegou um jogo de suspensão e mais £ 40 mil por xingar Jon Moss durante uma discussão entre os dois no intervalo, na derrota para o West Ham por 2 a 1 fora de casa. 

O Manchester United agora volta a campo no próximo sábado (29), pela Premier League, quando recebe o Burnley. Mark Clattenburg será o árbitro do embate.