Em clima de decisão, City pega Barcelona para se reabilitar no Grupo C da UCL

Precisando da vitória, equipe de Manchester mede forças diante do Barça no Etihad Stadium

Em clima de decisão, City pega Barcelona para se reabilitar no Grupo C da UCL
Manchester City
Barcelona
Manchester City: Caballero; Fernandinho, Otamendi, Stones, Kolarov; Fernando, Gündoğan; De Bruyne, Silva, Sterling; Agüero
Barcelona: Ter Stegen; Sergi Roberto, Mascherano, Umtiti, Digne; Rakitić, Busquets, Rafinha; Messi, Luis Suárez, Neymar
ÁRBITRO: Viktor Kassai (HUN). Auxiliares: György Ring (HUN) e Vencel Tóth (HUN)
INCIDENCIAS: Jogo válido pela quarta rodada da fase de grupos da UEFA Champions League, realizado no Etihad Stadium, em Manchester

Com objetivos opostos, Manchester City e Barcelona se enfrentam, nesta terça-feira (1º), pela quarta rodada da Uefa Champions League. Precisando da vitória para respirar na competição, o time inglês tentará esquecer a dura derrota no primeiro confronto para se sair melhor no Etihad Stadium, em Manchester, às 17h45 (de Brasília). Já o Barça buscará surpreender os adversários e, contando com Messi e Neymar, irá atrás de mais três pontos.

Ingleses e espanhóis ainda não esqueceram o que aconteceu no último encontro entre City e Barcelona. Com isso em mente, as equipes duelam em Manchester e buscam três pontos com significados diferentes. Se por um lado o Barça já poderia estar classificado, do outro os donos da casa podem embolar ainda mais a tabela do grupo.

Foto: Divulgação/Barcelona
Foto: Divulgação/Barcelona

No último duelo entre as equipes, disputado no Camp Nou, no dia 19/10, o Manchester City foi massacrado pelo Barcelona e, com direito a expulsão de Claudio Bravo, levou 4 a 0 da equipe catalã, sendo três gols apenas de Messi.

Atualmente, o Barcelona é líder do Grupo C, com nove pontos. Na segunda colocação, o Manchester City tem quatro, um a mais do que o Borussia Mönchengladbach, que tem três e enfrenta o lanterna Celtic no mesmo dia e horário.

Vencer ou vencer: para não se complicar, City só pensa em um resultado

O Manchester City vive situação desconfortável no Grupo C da UEFA Champions League. Com três rodadas pela frente, a equipe da Inglaterra precisa vencer se não quiser se complicar na tabela. Entretanto, o desafio não será nada simples.

Pep Guardiola comentou que ainda não enxerga o City como o time ideal ainda e que o trabalho precisa de mais tempo. "Em três meses é impossível estar perto de onde se pretende. Gostaria de estar mais perto, mas precisamos de mais tempo", disse.

"Vamos tentar outra vez, como fizemos quando ainda estavam 11 contra 11 no Camp Nou, sabendo que é um time muito forte e que nos obriga a jogar de forma quase perfeita. Nós os conhecemos e eles nos conhecem, mas o futebol às vezes é imprevisível. Esperamos que nossa qualidade possa fazer a diferença", completou o treinador, que não terá Claudio Bravo, expulso na Espanha.

O City deve ir a campo com: Caballero; Fernandinho, Otamendi, Stones, Kolarov; Fernando, Gündoğan; De Bruyne, Silva, Sterling; Agüero.

Barça tenta manter boa campanha na Champions

Diferente de seu adversário, o Barcelon vive momento tranquilo na Champions League e lidera com folga o Grupo C. Entretanto, a equipe espanhola já planeja garantir a classificação para a próxima fase na Inglaterra e voltar tranquilo ao seu país.

"Teremos que fazer um grande esforço, nos mostrando efetivos com e sem a bola. A chave será não deixar eles pensarem, para que não tenham tempo de manter a posse. Tenho certeza de que Guardiola saberá tocar a tecla para deixar as coisas mais difíceis. Em três meses, já conseguiu fazer de seu grupo uma equipe identificável, que com certeza continuará crescendo", afirmou Luis Enrique, sobre o duelo.

Luis Enrique aproveitou para falar sobre a possibilidade de já conquistar a vaga neste confronto: "Se nos classificamos para as oitavas faltando dois jogos, é porque teremos feito as coisas direito. Queremos ser primeiros do grupo, e para isso temos que ganhar aqui, contra o rival mais difícil".

O Barcelona terá desfalques importantes. Piqué, Mathieu e Jordi Alba estão entregues ao departamento médico e seguem fora de campo. Outro que está fora é Iniesta, que só voltará a jogar em 2017.

O Barça deve jogar com: Ter Stegen; Sergi Roberto, Mascherano, Umtiti, Digne; Rakitić, Busquets, Rafinha; Messi, Luis Suárez, Neymar.