Yaya Touré pede desculpas a Guardiola por 'desentendimentos do passado'

Marfinense não joga pelo City desde agosto, quando Pep decretou que não jogaria até que o agente do jogador pedisse desculpas por afirmações sobre a não entrada do meio-campista na lista da Champions League; Dimitri Seluk, empresário do atleta, não se desculpará

Yaya Touré pede desculpas a Guardiola por 'desentendimentos do passado'
Foto: Lennart Preiss / Getty Images

Após pouco mais de dois meses sem jogar pelo Manchester City por ordens de Guardiola, Yaya Touré decidiu pedir desculpas, em nota, ao treinador nesta sexta-feira (4). O treinador catalão havia dito em setembro que o marfinense não iria jogar pelo clube novamente até que seu agente pedisse desculpas por acusar o técnico de 'humilhar' seu cliente por ter deixado-o de fora da lista da Uefa Champions League. Dimitri Seluk, o agente, afirma que não do que pedir perdão e continua sem fazer o pedido. Pep ainda não decidiu o que fará com o caso.

Além do pedido de desculpas, o meio-campista deixou claro que tais declarações não o representam, assim como o agradecimento àqueles que o ajudaram nesse momento difícil. "Queria pedir desculpas - em meu nome e em nome dos que me representam - à equipe técnica e todos que trabalham no clube por desentendimentos do passado", lê-se na nota. 

"Aqueles comentários não representam minhas visões sobre o técnico ou sobre o clube. Tudo que tenho é respeito pelo Manchester City e espero tudo de melhor ao time. Tenho imenso orgulho de participar de uma parte da história do City e gostaria de continuar ajudando para o sucesso prosseguir", acrescentou. 

Pouco tempo depois da nota, Guardiola, que havia assegurado a permanência do jogador quando chegou ao City, se pronunciou sobre o assunto na coletiva, tratando o caso como 'boa notícia'. "Eu li a nota e é isso. Creio que seja boa notícia para o Manchester City e acima de tudo para Yaya Touré. Ele sempre está nas nossas reuniões e treinos. Nada mudou. Pude falar com ele, e foi bom - mas você sabe da situação", comentou. 

Falando à rádio talkSPORT, o agente de Touré, Dimitri Seluk, deixou claro que ainda não pedirá desculpas, alegando que não sabe por que tem que fazê-lo. "Queremos paz, mas não vou me desculpar. Me desculpar pelo o quê? Yaya pode ter pedido desculpas por algo, mas não faço ideia do quê. Creio que Touré não quis dizer o que falou, apenas quer paz entre ele e Guardiola", afirmou. 

Os Citizens voltam a campo, provavelmente sem Touré, neste fim de semana, quando enfrentam o Middlesbrough, neste sábado (5), no Etihad Stadium.