Em fases opostas, Arsenal e Tottenham fazem primeiro clássico da temporada

Gunners podem assumir liderança da Premier League; Spurs, que contarão com Harry Kane nos relacionados após lesão, buscam voltarm ao G-4 e espantar má fase

Em fases opostas, Arsenal e Tottenham fazem primeiro clássico da temporada
Fotomontagem: Editoria de Arte/VAVEL
Arsenal
Tottenham
Arsenal: Cech; Bellerín, Mustafi, Koscielny, Monreal (Gibbs); Xhaka (Cazorla), Coquelin, Walcott, Özil, Sánchez; Giroud.
Tottenham: Lloris; Walker, Alderweireld, Vertonghen, Rose; Dier, Wanyama; Lamela, Alli, Eriksen; Janssen (Kane).
ÁRBITRO: Mark Clattenburg.
INCIDENCIAS: partida válida pela 11ª rodada da premier league 2016/2017, a ser disputado no emirates stadium, em londres.

Quando o relógio marcar 10h pelo horário de Brasília deste domingo (6), Arsenal e Tottenham irão se enfrentar em mais um North London Derby, no Emirates Stadium, em Londres. Na temporada passada, ambos estava na disputa pelo título em certo momento do campeonato e, nesta época, não está sendo diferente até o momento. Isso, aliado à rivalidade que ambos possuem, servem como igredientes para o clássico da 11ª rodada da Premier League 2016/2017.

No momento, o Arsenal está no terceiro lugar na tabela de classificação, com 24 pontos ganhos até o momento, quatro a mais que o quinto Tottenham, que almejará adentrar novamente ao G-4 e seguir os líderes mais de perto depois de alguns tropeços nas últimas rodadas.

As duas últimas vezes que ambos se encontraram terminou em empate, um em 2 a 2 e outro em 1 a 1. Mais precisamente, a última dessas vezes aconteceu no último dia cinco de março, no White Hart Lane, em jogo que Kane e Alderweireld viraram para os Spurs após Sánchez abrir o placar. Próximo do fim, o chileno marcou o segundo dele no jogo e igualou tudo, deixando que o Leicester disparasse na liderança.

Wenger não vê Arsenal com vantagem psicológica sobre Tottenham e reitera: "É mais que um clássico"

Na coletiva obrigatória que antecede os jogos na Premier League, o treinador do Arsenal, Arsène Wenger, foi questionado, dentre outras coisas, sobre a chance dos Gunners terem um estado psicológico menor que o do Tottenham, visto que os Spurs não atravessam um bom momento na Uefa Champions League e andam tropeçando em alguns jogos no certame nacional, inclusive partidas jogadas em casa. O francês foi relutante na resposta, porém não vê dessa forma. 

"Eu não sei. Você deveria perguntar para eles", respondeu. "Nós apenas tentamos jogar tão bem quanto sabemos. No momento atual, porém, eu apenas estou focado no fato deste jogo ser mais que um clássico. É um importante embate para nós porque iremos jogar em casa e temos uma boa oportunidade de mostrar que estamos interessados no papel de vencedor da Premier League, e que podemos vencer esses tipos de jogos também", acrescentou o francês, lembrando da dificuldade dos Gunners de venceram jogos grandes nos últimos anos. 

O treinador ainda foi bastante perguntado sobre o Tottenham em uma maneira geral, mas decidiu sempre focar no Arsenal, alegando que é muito cedo para descobrir fraquezas ou especialidades do adversário. 

Para o confronto, o time vermelho do norte de Londres não poderá contar, com certeza, com Danny Welbeck (joelho), Chuba Akpom (estresse muscular), Per Mertesacker (joelho) e Lucas Pérez (tornozelo). Theo Walcott, Nacho Monreal, Héctor Bellerín, Santi Cazorla e Kieran Gibbs são dúvidas para o embate, mas todos devem estar relacionados para o embate.

Pochettino sente importância do jogo e pede foco a seus jogadores

Toda cidade que possui um clássico futebolístico - ou de qualquer outro esporte, acaba se transformando no dia em que os dois times se enfrentam. O treinador do Tottenham, Mauricio Pochettino, entende da importância desses jogos, lembrando de clássicos como Newell's Old Boys e Rosário Central, na Argentina. Mas, para o North London Derby, o que o argentino quer é foco. 

"Sempre sentimos a paixão em relação ao futebol", falou à Spurs TV. "Estamos muito animados para este jogo. Sempre estamos, assim como foi com o Leverkusen no meio de semana. E, nesse caso, é sempre bom enfrentar um grande rival. Porém, precisamos estar bem focados quando jogarmos contra o Arsenal. É extremamente importante ir para o jogo sem pensar no contexto atual, como os nossos últimos jogos. O foco tem que ser no Arsenal e em fazer um bom jogo", completou.

Mauricio ainda elogiou o Arsenal, citando a consistência que o rival tem tendo nos últimos anos em sempre estar entre os quatro. Além disso, lembrou que é bem positivo ir para o embate invicto no campeonato. 

Para o embate, o Tottenham não poderá contar com Moussa Sissoko (suspenso) e Eric Lamela (virilha). Alderweireld, Dembélé e Davies são dúvidas, mas podem ser relacionados. Assim como Harry Kane, que foi confirmado nos jogadores que vão ao Emirates, podendo retornar aos gramados depois de quase dois meses.