"Se não eram grandes, passaram a ser quando cheguei", diz Ibra sobre ex-clubes

Atacante defendeu oito clubes durante sua carreira: Malmö, Ajax, Juventus, Internazionale, Barcelona, Milan, PSG e Manchester United

"Se não eram grandes, passaram a ser quando cheguei", diz Ibra sobre ex-clubes
Foto: Getty Images

Zlatan Ibrahimovic acrescentou mais uma declaração para a sua extensa lista de comentários polêmicos. Em entrevista à revista oficial do Manchester United – que vai às bancas em dezembro –, o atacante sueco se vangloriou por sua vitoriosa carreira no futebol: “Eu já joguei em outros clubes grandes. Cada clube era grande, e se não era, passou a ser quando eu cheguei”.

Ibrahimovic: "Você nunca volta para um time onde já fez história"

Para Ibrahimovic, Manchester United está "um passo à frente" de Barcelona, Juventus e Milan

Ibrahimovic anuncia saída do PSG: "Cheguei como um rei e saio como uma lenda"

Ibra iniciou sua trajetória em 1999 no Malmö, da Suécia, onde surgiu como uma promessa do futebol local e chamou a atenção do Ajax. Do clube holandês foi parar na Juventus e, posteriormente, na Internazionale. Ficou três anos na agremiação de Milão, tempo suficiente para ganhar seis títulos e se tornar referência do ataque nerazzurro.

Em 2009, acertou com o Barcelona, mas não conseguiu exercer o mesmo protagonismo que tinha na Inter: acabou entrando em confronto com o técnico Pep Guardiola e voltou à Itália um ano depois. Ficou duas temporadas no Milan antes de assinar com o Paris Saint-Germain. Em solo francês, conquistou inúmeros títulos e se tornou um ícone do clube parisiense.

No último verão europeu, Ibra fechou com o Manchester United. Em sua primeira partida pela nova equipe, marcou, contra o Leicester City, o gol do título da Superocopa da Inglaterra.

Premier League

É inegável que Ibrahimovic atrai conquistas por onde passa. O craque sueco só não teve o prazer de soltar o grito de campeão quando no Malmö, seu clube de formação. Agora no United, o atacante não esconde o desejo de ganhar a Premier League.

Seria fantástico”, disse, com um sorriso no rosto. “Se eu puder conquistar a Premier League, um dia depois eu iria parar de jogar futebol... quase!”, brincou. “Temos tido um pouco de azar em certos jogos, mas acreditamos, e quando você acredita, acontece. Eu estou esperançoso que posso vencê-la, e vou ganha-la”, encerrou.