Em excelente fase, Coutinho exalta mentalidade vencedora de Klopp

No cargo de treinador há pouco mais de um ano, alemão é o principal responsável pelos Reds estarem na liderança da Premier League neste momento

Em excelente fase, Coutinho exalta mentalidade vencedora de Klopp
Foto: Paul Ellis / Getty Images

Em outubro de 2015, Jürgen Klopp assumiu o Liverpool com o simples propósito de vencer, além da reformulação na mentalidade recente. Pouco mais de um ano depois, porém, o alemão colocou os Reds na liderança da Premier League com um ponto de vantagem ao vice-líder Chelsea e cinco para fora da zona da Champions League. Falando ao site do time de Merseyside, Philippe Coutinho afirmou que o técnico trouxe essa mentalidade vencedora, além de revelar o que ele pede nos treinos.

Conquistados 26 pontos de um total de 33, não é nenhuma surpresa mais que o Liverpool irá brigar pelo título da Premier League nesta temporada junto a, teoricamente, outros cinco rivais. Para continuar com a consistência, é preciso um psicológico forte sobretudo, fato já comprovado nos anos anteriores em títulos como o do Leicester, por exemplo. Coutinho comentou sobre o que Klopp trouxe aos Reds.

"Essa mentalidade vencedora [que é possível ser vista], foi ele [Klopp] quem trouxe. Ele enfatiza muito isso", contou o brasileiro. "Ele transmite confiança para os jogadores e eu acho que hoje, nós [jogadores do Liverpool] cremos muito mais em nosso potencial, o que tem feito-nos melhor em campo", opinou. 

A filosofia de trabalho do alemão é conhecida por todos que acompanham o esporte mais de perto. Tal forma de trabalho exige mais do que apenas técnica com a bola no pé - até por que os times de Klopp trabalham mais sem a redonda. Desde a sua chegada na cidade dos Beatles, é possível ver que tal conhecimento vem sido transmistido no campo, melhorando conforme o tempo passa.

"Desde que ele chegou, o trabalho que ele implementou são suas ideias", confirmou Coutinho. "Nós treinamos e nos preparamos para um jogo de acordo com o adversário, mas ele sempre pede a mesma coisa: dedicação e trabalho forte. Somos um time que coloca muita pressão nos oponentes, e é isso que ele pede que façamos", revelou o brasileiro.